carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Rede Paulista de Incubadoras

Rede Paulista de Incubadoras Incubadoras de empresas de base tecnológica (EBTs) são empreendimentos que oferecem espaço físico por tempo limitado para a instalação de empresas nascentes, dando apoio para a consolidação dessas iniciativas. São locais que disponibilizam suporte gerencial e tecnológico para empresas inovadoras em produtos ou processos.

O governo de São Paulo criou a Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica (RPITec), com o objetivo de apoiar, fortalecer e estimular a implantação desses empreendimentos no Estado.

A RPITec busca integrar as incubadoras, promovendo a troca de informações entre as iniciativas e o intercâmbio com entidades de fomento à inovação e ao empreendedorismo.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação é responsável pela coordenação da RPITec, por meio de uma secretaria técnica, que promove a inclusão de incubadoras na rede e autoriza a liberação de recursos do aporte estadual mediante convênios com entidades gestoras, além de dar suporte administrativo à rede e realizar ações voltadas à atração de investimentos em benefício de incubadoras e empresas incubadas.

Para fazer parte da RPITec, a entidade gestora da incubadora de EBTs deve enviar um requerimento à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, solicitando sua inclusão na rede. No pedido, entre outros pontos, deve ser demonstrada que a entidade gestora, sem fins lucrativos, atende aos requisitos do decreto, com modelo de gestão apropriado e objetivos compatíveis com a RPITec. Após a aprovação dos documentos, o credenciamento é realizado por meio de uma resolução válida por dois anos.

Para obter o credenciamento provisório, o interessado deve enviar um ofício com a justificativa e a caracterização do empreendimento, oferecer infraestrutura adequada e instalações de uso compartilhado, facilitando o acesso à laboratórios especializados, além de apoiar as incubadas nas áreas de gestão tecnológica, empresarial e mercadológica.

Objetivos da RPITec

I - Fomentar a implantação e o fortalecimento de incubadoras no Estado de São Paulo;
II - Promover, nas empresas de base tecnológica, o empreendedorismo e a inovação, fomentando a utilização de novas tecnologias de produção e de gestão;
III - Integrar as incubadoras de empresas do Estado de São Paulo, promovendo a troca de informações e a difusão de conhecimentos e de processos de gestão tecnológica, mercadológica e empresarial;
IV - Incentivar a integração das incubadoras e de suas empresas com as cadeias produtivas do Estado de São Paulo, buscando proporcionar sustentabilidade e competitividade aos seus negócios;
V - Desenvolver metodologias de monitoramento e avaliação de resultados, com base em indicadores referentes a inovação e empreendedorismo, participação no mercado e geração de empregos;
VI - Apoiar a aplicação de capital empreendedor e o direcionamento de linhas de investimento às demandas das empresas incubadas;
VII - Buscar o intercâmbio com entidades nacionais e internacionais de fomento à inovação, à tecnologia e ao empreendedorismo;
VIII - Apoiar a captação de recursos de órgãos de fomento para aplicação em ações que beneficiem horizontalmente as empresas incubadas e as incubadoras.

Confira o decreto nº 56.424/2010 que institui e regulamenta a Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo