carregando...

Notícias

Notícias

Via Rápida Emprego forma turmas em Santos



10/12/2011

Secretário enfatizou contribuição do Governo do Estado de SP para a capacitação

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), Paulo Alexandre Barbosa, participou na tarde deste sábado (10), em Santos, da cerimônia de formatura de 77 alunos matriculados nos cursos de capacitação do Via Rápida Emprego. O evento, realizado no auditório do Senac, no bairro da Vila Mathias, reuniu três turmas da cidade, dos cursos de “Técnicas de Vendas” e “Recepção e Atendimento”; e uma turma de Praia Grande, do curso de “Serviços de Almoxarifado e Reposição de Mercadorias”.

Durante a cerimônia, o representante da Pasta destacou a importância da iniciativa do Governo paulista de oferecer qualificação profissional gratuita para as pessoas que buscam oportunidades de emprego. “Hoje, São Paulo é responsável pela maior parte da economia do país e vai crescer ainda mais nos próximos anos, principalmente, com a exploração do Pré-Sal que, além do progresso tecnológico, também vai trazer, não apenas para a Baixada Santista, mas para todo o Estado, milhares de oportunidades de emprego que exigirão conhecimento. E é nesse sentido que o Governo tem contribuído, preparando cada vez mais profissionais para mercado de trabalho”, destacou ele.

Após a entrega dos certificados, Paulo Alexandre conversou com os estudantes e visitou a unidade do Senac, onde foram realizados os cursos. Lançado em julho, o Via Rápida Emprego registrou até o momento 198 mil inscritos em todo o Estado. O programa, que oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho, disponibilizou no semestre, 33 mil vagas em mais de 400 municípios.

Na Baixada Santista, foram oferecidas mais de 2,5 mil vagas para cursos em diversas áreas como construção civil, indústria, comércio e prestação de serviços, entre eles: Recepção e Atendimento, Assistente de Logística, Eletricista Instalador, Mecânico, Operador de Empilhadeira, Soldador de Manutenção, Assistente Administrativo em Transporte e outros. Os cursos foram definidos de acordo com as demandas regionais.

O programa também disponibilizou opções de estudos para públicos específicos. Em Mongaguá, por exemplo, o Via Rápida tem atendido presos na fase final do cumprimento de penas e, em Santos, foram oferecidas mais de 150 vagas para cidadãos da terceira idade e pessoas com deficiência.

As aulas são realizadas por profissionais de Escolas Técnicas (Etecs); unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Senac, do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e de outras instituições contratadas pela SDECT. Para o próximo ano, a previsão é atender mais 125 mil cidadãos em todo o Estado.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo