carregando...

Notícias

Notícias

Via Rápida convoca alunos em mais 54 municípios



16/08/2011

Curso de Tornearia Mecânica Básica é uma das modalidades oferecidas

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) inicia nesta semana a segunda etapa da convocação dos selecionados para os cursos gratuitos de qualificação profissional do Via Rápida Emprego. Os candidatos chamados neste período vão compor as turmas que iniciarão as aulas a partir do dia 22 de agosto. A convocação acontece em 54 municípios das regiões de Ribeirão Preto, São José dos Campos, Bauru, São José do Rio Preto, Marília, Registro, Sorocaba, Grande São Paulo, Presidente Prudente, Franca, Campinas, Barretos, Araçatuba e Central. Confira tabela de municípios e cursos.

Os selecionados que receberem o telegrama de convocação devem comparecer ao local indicado até o dia 19 de agosto, munidos de RG e CPF para efetuar a matrícula. Além do material didático, os alunos receberão subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, terão direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o curso, podendo receber o total de R$ 330 por mês.

Os estudantes participarão de cursos intensivos, com duração de no máximo três meses. As aulas envolvem duas modalidades, de acordo com o grau de escolaridade: Conhecimentos Gerais, ministradas por professores capacitados pela Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap); e Conhecimentos Específicos, por profissionais especialistas.

Novas convocações
Na sexta-feira (19/08), a SDECT anunciará a próxima etapa da convocação para a formação de turmas na Capital e em outras regiões do Estado. As aulas serão iniciadas a partir de 29 de agosto. “Os inscritos no programa que não forem convocados nas fases inicias devem aguardar, já que ainda haverá convocações do Via Rápida este ano”, explica o secretário da pasta, Paulo Alexandre Barbosa.

Números
O Via Rápida Emprego tem superado as expectativas em relação à procura. Lançado há um mês, o programa já registra mais de 140 mil inscritos. O sucesso também se repete na web: até a primeira semana de agosto, o portal do programa registrou 650 mil acessos e 29 milhões de page views. A procura também é grande junto às redes sociais: o perfil no Facebook facebook.com/viarapida conta com 5 mil usuários cadastrados e, no Twitter twitter.com/viarapidasp são cerca de 1.200 seguidores.

Inscrições
Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e residir no Estado de São Paulo. As inscrições são permanentes e devem ser realizadas somente pelo site www.viarapida.sp.gov.br É necessário apenas ter em mãos RG e CPF. Os interessados também podem procurar os postos do Acessa São Paulo, programa da Secretaria de Gestão Pública do Governo do Estado de SP, que tem profissionais capacitados a oferecer instruções para o preenchimento do cadastro.

A seleção é feita pela SDECT, que utiliza critérios de idade, escolaridade e renda familiar, além de priorizar quem estiver desempregado ou for arrimo de família. Os participantes dos programas Ação Jovem e Renda Cidadã, ações da Secretaria de Desenvolvimento Social, também têm prioridade no processo de seleção.

Os cursos oferecidos pelo Via Rápida são realizados nas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de SP e em estruturas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

Via Rápida
Lançado em 14 de julho pela SDECT, o Via Rápida Emprego conta com investimento de R$ 68 milhões em 2011. O programa tem o objetivo de oferecer capacitação profissional gratuita, por meio de cursos de curta duração a desempregados, jovens carentes, beneficiários de programas de transferência de renda, idosos e portadores de deficiência.

São mais de 130 opções de cursos, num total de 30 mil vagas, distribuídas em mais de 400 municípios. A oferta de cursos é baseada em avaliações permanentes da demanda, feitas com informações do Emprega São Paulo, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), além dos diagnósticos regionais elaborados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

O programa oferece cursos para diversas áreas como construção civil, comércio, indústria, prestação de serviços e agricultura. Há ainda opções de cursos específicos para pessoas com deficiência, alunos do último ano do Ensino Médio das escolas estaduais, presidiários em regime semiaberto e egressos do sistema penitenciário.

Metas para 2012
No próximo ano o Via Rápida será ampliado e deverá atender mais 125 mil cidadãos. Também serão construídas cinco unidades fixas do programa em cidades-polo, a serem definidas ainda em 2011. Para suprir a carência de estrutura laboratorial em municípios menores, serão entregues 12 unidades móveis (carretas) que circularão por todo o Estado.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo