carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Vencedores da 3ª Feira Tecnológica são homenageados



19/10/2009

Governador cumprimenta alunas da Fatec de Marília, que conquistaram o 1º lugar (Gilberto Marques/Secom)

Os 26 estudantes de três Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e três Faculdades de Tecnologia (Fatecs) que tiveram seus projetos premiados na 3ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza receberam uma homenagem especial na tarde desta segunda-feira, 19 de outubro. Eles foram recebidos pessoalmente pelo governador José Serra, no Palácio dos Bandeirantes, onde ganharam uma placa de homenagem pela inovação e criatividade de seus projetos.


Acompanhados dos professores orientadores e dos diretores de suas escolas técnicas e faculdades, os alunos foram destaque entre os 236 trabalhos apresentados na feira. "Essa feira é uma demonstração bastante clara do porquê as Etecs e Fatecs têm tanto sucesso no mercado de trabalho. Além de preparar do ponto de vista da disciplina, da aplicação prática daquilo que se está aprendendo, o nosso sistema também estimula a criatividade e o espírito empreendedor", disse Serra ao conhecer e homenagear os alunos vencedores.

Também estiveram presentes à cerimônia o vice-governador Alberto Goldman, o secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, a diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab e os demais prefeitos dos municípios das Etecs e Fatecs premiadas (Bauru, Itapetininga, Marília e Bauru).

Alunas compararam preparações com leite de vaca e de búfala com polpa de banana (Gilberto Marques/Secom)
Os seis grupos premiados desenvolveram trabalhos nas áreas de informática, alimentos e bioengenharia. Entre as Etecs, o primeiro colocado foi "Sistema de administração de vagas de estágio", da Professor Camargo Aranha, em São Paulo, desenvolvido pelos alunos Caio Beltrami, Douglas Alves da Silva, Gabriel Eduardo de Barros, Jorge Luiz Cirillo Mendes, Leandro Josias da Silva, Luciano João de Souza, Luís Fernando Imoto e Paulo Sergio Ramalho Filho, sob a orientação do professor David Ferreira Afonso. O sistema cadastra disponibilidade de vagas de estágio e perfil de candidatos, cruza os dados e otimiza a seleção. A diretora da escola técnica premiada é a professora Eliana Martins Fraga.


O segundo colocado entre as Etecs foi o projeto "Ômega", da Etec São Paulo (Etesp). Alessandra Miras Fernandez, Rafael Ferreira Trindade e Dalton Eleutério Ocura, orientados por Ana Meire Aleoni, informatizaram as operações de um hotel fictício, dinamizando o atendimento aos hóspedes e melhorando a integração com o setor administrativo da empresa. Quem recebeu a homenagem junto com os alunos foi o diretor, Carlos Augusto de Maio.

Em terceiro lugar das Etecs, ficou o projeto "Wallew Kid", da Jorge Street, em São Caetano do Sul. Dayane Regina da Silva, André Luiz Fernandes dos Santos e Gabriel Gobbo Cunha, supervisionados pela professora Márcia Cristina dos Santos Ferreira, criaram um jogo eletrônico com temática ambiental. O objetivo do personagem principal é combater criaturas poluidoras e salvar o planeta. A placa foi entregue ao diretor Salomão Choueri Júnior, que acompanha os alunos.

Solenidade destacou vencedores entre os 236 trabalhos apresentados na feira (Gilberto Marques/Secom)
Entre as Faculdades de Tecnologia, o primeiro colocado foi "Desenvolvimento e avaliação sensorial de leite fermentado tipo iogurte natural com leite de búfala adicionado de biomassa de polpa de banana nanica verde", da Fatec Estudante Rafael Almeida Camarinha, em Marília. Aline Gabriela Simoni e Dayane Mayumi Osaka, sob a orientação da professora Renata Bonini Pardo, compararam preparações com leite de vaca e de búfala com e sem polpa de banana. Quem provou não sentiu diferença de sabor em relação ao iogurte convencional. A diretora Cláudia Cristina Teixeira Nicolau Mendonça também participou da homenagem no Palácio.


Em segundo lugar, ficou o projeto "Linguifish", da Fatec Itapetininga. Laura Regina Lucas, Marcos Vinícius de Camargo Silva, Tiago José Vieira e Vânia Ariana Corrêa Bueno Silva, orientados pelas professoras Aline Regina Piedade e Silvia Panetta Nascimento, desenvolveram uma linguiça de tilápia que agradou a 91% dos pesquisados que a experimentaram. Além disso, a linguifish traz benefícios à saúde. A diretora Luciana de Mattos Moraes acompanhou os alunos para receber a placa.

Por fim, o terceiro colocado entre as Fatecs foi o projeto "Cultura de células e aplicações à bioengenharia de tecidos", de Bauru, desenvolvido por Gisele Ferrari, Letícia Scaloni e William Cesar de Meneses Alves. Os estudantes foram supervisionados por Selma Candelária Genari, num projeto que investigou o uso de biomateriais alternativos aos enxertos e transplantes ósseos tradicionais e padronizou técnicas para avaliar a compatibilidade com o tecido ósseo lesado. Além de orientadora do projeto, a professora Selma Candelária Genari é também a diretora da Fatec Bauru.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo