carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

USP realiza estudos de resistência e de reação ao fogo



07/01/2014

Vídeos educativos, com alertas sobre o comportamento ao fogo de materiais de revestimento e acabamento, e vídeo-aulas, com orientações a alunos e a profissionais que já fazem parte do mercado de trabalho, fazem parte do projeto-piloto desenvolvido pela professora Rosaria Ono, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo (USP). O Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões do IPT foi uma das locações usadas para gravação dos vídeos. 

Este projeto faz parte do edital Pró-Ensino e está em desenvolvimento desde agosto de 2013. A partir de fevereiro de 2014, após a edição do material, os vídeos – com duração aproximada de cinco a 10 minutos cada - serão disponibilizados gradativamente no site da FAU. O conteúdo será utilizado como material didático do curso de arquitetura e urbanismo da USP e estará disponível para alunos e professores de outras instituições. 

O objetivo da criação destes conteúdos é disseminar o conhecimento para que futuros profissionais, e os que já estão atuando, tenham maior conhecimento na escolha dos materiais, componentes e sistemas para as edificações e construções no geral. Rosaria lembra casos recentes como os incêndios na boate Kiss e no Memorial da América Latina como exemplos da importância do controle do fogo. 

Infraestrutura laboratorial do IPT foi usada para gravação de vídeos a serem usados como material didático de curso da FAU-USP, que também estará disponível para outras instituições
 “Escolhemos realizar os ensaios para a gravação dos vídeos no IPT porque é uma instituição de referência e existia essa possibilidade [de realização de experimentos]. A estrutura do Laboratório de Proteção ao Fogo e a Explosões é uma das mais completas em equipamentos e uma das mais atualizadas”, afirma a professora. O Setor de Intermeios da FAU que trabalha na produção de vídeos didáticos ficou responsável pela gravação com a professora Rosaria, em uma equipe formada por quatro profissionais. 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo