carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

USP investe em novos equipamentos



05/01/2012

O Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo (USP) investiu R$ 1,3 milhão na aquisição e instalação de seu novo cluster – aglomerado de computadores. De acordo com a USP, o cluster será um dos mais potentes já utilizados por um instituto no mundo.

O conjunto reúne 2,3 mil núcleos e potencial de processamento de 20 teraflops, ou seja, poderá fazer até 20 trilhões de cálculos por segundo. Em computação, a medida flops representa a grandeza de velocidade que mede o total de operações de ponto flutuante por segundo. Por isso, o “s” da sigla não indica plural e sempre se refere a segundo.

Os vencedores da licitação foram a AMD e a SGI – empresas que fornecerão os itens necessários para a construção do supercomputador. “Agora, não precisaremos mais usar computadores de parceiros e até poderemos auxiliar outras instituições científicas”, disse Alex Carciofi, professor de astrofísica e responsável pelo projeto.

No Departamento de Astronomia da USP, os professores trabalham com pesquisas de ponta em simulações nos campos mais avançados da astrofísica. Para isso, realizam cálculos numéricos massivos (chamados number crunching), a fim de alcançar modelos reais de fenômenos nas áreas de astrofísica, cosmologia e astronomia galáctica.

Em um primeiro momento, 150 usuários serão atendidos pelo novo equipamento, que vai incrementar e acelerar os sistemas matemáticos complexos produzidos no Departamento de Astronomia. O sistema será baseado em uma plataforma Blade Altix ICE 8400 com um processador AMD Opteron 6172, com 4,6 terabytes de memória.

O cluster será completamente integrado à infraestrutura da USP até o final de 2012 e permitirá ao Departamento de Astronomia chegar a novas fronteiras, como a astrofísica computacional, que une a ciência da computação à física.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo