carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Unicamp investe R$ 36 milhões em Colégio Técnico de Campinas



29/12/2014

Fonte: Universidade Estadual de Campinas

Novo prédio projetado ocupa área de 10.000m² (Antoninho Perri/Unicamp)O reitor da Universidade Estadual de Campinas  (Unicamp) José Tadeu Jorge autorizou a destinação de R$ 36,7 milhões para a construção do prédio definitivo do Colégio Técnico de Campinas (Cotuca), no campus de Barão Geraldo. O Cotuca deixa o tradicional prédio da rua Culto à Ciência, no Centro da cidade, para ocupar uma área de 10 mil metros quadrados perto da antiga guarita de acesso à PUC-Campinas. O projeto arquitetônico já está em fase adiantada de elaboração e prevê, além de laboratórios e salas de aula, uma área de convívio, quadras poliesportivas, estacionamento e soluções de acessibilidade. 

A reunião que selou simbolicamente a implantação do projeto teve a participação de pró-reitores, do atual e de ex-diretores do Cotuca, e de representantes do Grupo Gestor de Obras (GGO) e do corpo docente dos colégios da Unicamp no Consu.

“O custo estimado é de quase R$ 37 milhões, dos quais o Cotuca possui sete milhões que seriam empregados na antiga sede, sendo que estamos autorizando a licitação do projeto em sua íntegra, já no primeiro semestre do ano que vem. A previsão para entrega do prédio é de dois anos, portanto, ainda nesta gestão”, afirmou Tadeu Jorge. 

Em relação ao edifício na área central, que é tombado tanto pelo Conselho de Patrimônio Histórico do município como do Estado de São Paulo, o reitor reapresentou uma proposta do seu programa de gestão como candidato ao cargo em 1998, que é a de transformá-lo em centro cultural.

“Seria fundamental para Campinas construir um espaço com pequenos auditórios, sala de cinema e um museu para receber acervos muito interessantes da Unicamp que estão escondidos por falta de local de exposição – até mesmo um museu do ensino médio. A ideia é credenciar um projeto na Lei Rouanet e captar recursos em outras fontes. Assim, o Cotuca ganha um prédio moderno e a cidade um espaço cultural para a população; seria uma pequena contribuição da Unicamp para a revitalização do Centro.” 

O Cotuca funcionou por mais de quatro décadas no prédio doado pelo vereador e abolicionista Bento Quirino dos Santos, que já previa a instalação de uma escola técnica no local, em razão do seu valor arquitetônico e histórico. Em fevereiro deste ano, a sede foi interditada e as atividades transferidas para o campus de Barão Geraldo, mas em agosto o colégio mudou novamente de endereço, desta vez para um imóvel alugado no bairro Taquaral. 

O professor Alan César Yamamoto, que acaba de assumir a direção do Cotuca, afirma que o novo prédio no campus permitirá acomodar melhor a estrutura atual e também a ampliação das atividades, com a criação de novos cursos.

“Só tenho a agradecer a todos que ajudaram e ajudam a construir o Cotuca, ao envolvimento e apoio incondicional da administração central e dos seus órgãos. Tudo isso possibilita que continuemos a trabalhar em busca de cada vez mais qualidade para o colégio e a Universidade, disse."

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo