carregando...

Notícias

Notícias

Unicamp investe em ações de sustentabilidade



16/07/2013

Fonte: Unicamp e SDECT

Uma campanha de conscientização voltada à garantia de um ambiente sustentável desenvolvida por funcionários do Centro de Computação (CCUEC) da Unicamp está mudando os hábitos da comunidade daquele órgão e proporcionando ótimos resultados. Desde que foi introduzida, em abril último, a ação reduziu, por exemplo, o consumo de copos descartáveis em 18% e ampliou o volume do lixo reciclado de 25% para 33% em relação ao total de resíduos gerados. “Consideramos os números positivos, mas continuamos trabalhando para melhorá-los e para obter outros avanços, como a economia de água e energia elétrica”, afirma Paulo Silva, um dos membros da equipe responsável pelo projeto.

De acordo com ele, a ideia da campanha surgiu depois da realização de um programa piloto da Diretoria Geral de Recursos Humanos (DGRH) relacionado à readequação da coleta seletiva. Preocupado com a questão, o grupo iniciou discussões a respeito do tema. “Entretanto, conforme os debates avançavam, novas questões era somadas às possíveis ações. Assim, os objetivos foram crescendo e o projeto, tomando corpo”, explica Rosangela Vialta.

Durante seis meses, a equipe formatou a proposta da campanha, que envolveu uma série de iniciativas, tendo a informação como foco principal. A meta era fazer com que a comunidade ampliasse a consciência sobre a importância da sustentabilidade. Entre as ações promovidas, destaque para o envio de e-mails animados, criação dos mascotes Sustentina e Sustenvaldo (dois pinguins, cujos nomes foram escolhidos pela comunidade), definição de comunicação visual (uso de cartazes e banners), distribuição de canecas, elaboração de um manual de boas práticas e a readequação das lixeiras.

“Além disso, nós também buscamos adequar a infraestrutura básica do prédio, como delimitação de área para fumantes”, acrescenta Calley Camargo. Segundo ele, também fizeram parte da fase inicial da campanha a realização de palestras e o sorteio de brindes. “O impacto foi muito positivo e a adesão das pessoas, excelente”, conta João Paulo Moreto. Desde o lançamento da campanha, os idealizadores têm feito medições para aferir os resultados da mudança de atitude dos funcionários. Além dos números já mencionados, a equipe também apurou que o número de sacos de lixo diminuiu – passou de 40 em abril para 30 em junho.

De acordo com Paulo Silva, os bons resultados alcançados até aqui se devem principalmente à adesão da comunidade, mas também ao apoio da direção do CCUEC e do do Grupo Gestor de Benefícios Sociais (GGBS), que fomentaram a iniciativa tanto institucional quanto financeiramente. Questionado sobre a possibilidade de o grupo compartilhar a experiência com outras unidades e órgãos da Universidade, ele afirma que a equipe está à disposição para ajudar no que for necessário. “Os interessados podem entrar em contato conosco pelo ramal 1-2208”, informa.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo