carregando...

Notícias

Notícias

Unicamp inaugura Redecomep oficialmente



27/01/2015

Fonte: Universidade Estadual de Campinas

Objetivo é promover colaboração entre instituições consorciadas (Antonio Scarpinetti/Unicamp)A Rede Comunitária de Ensino e Pesquisa (Redecomep Campinas), constituída por uma infraestrutura de fibras ópticas que conecta 14 instituições de ensino superior e pesquisa da região, foi inaugurada oficialmente na segunda-feira, dia 26 de janeiro, em solenidade realizada na sala do Conselho Universitário (Consu) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O principal objetivo da Redecomep Campinas é promover, por meio de uma rede de alta velocidade, a colaboração entre as instituições consorciadas, estimulando a geração e a difusão do conhecimento, além da formação qualificada de recursos humanos.

A Redecomep Campinas inicia suas atividades com oito das 14 instituições já conectadas. As demais deverão integrar a rede assim que superarem questões técnicas, segundo o presidente do Comitê Gestor, Gustavo Carvalho. Ele informou que a execução do projeto exigiu investimentos de R$ 1,6 milhão. Os recursos vieram da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Ao todo, a rede soma 80 quilômetros de extensão.

Ainda conforme o presidente do Comitê Gestor, a Redecomep Campinas será administrada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), organização social vinculada ao MCTI e mantida pela pasta em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cultura (MinC) e Saúde (MS). A administração caberá à Unicamp. Representante do Conselho de Tecnologia da Informação e Comunicação (Contic) da universidade, o professor José Raimundo de Oliveira disse que a rede complementará a conectividade da Unicamp.

Ele lembrou que a universidade já participa de outras redes, mas que a Redecomep Campinas trará ainda mais velocidade e confiança ao tráfego de dados entre a Unicamp e as demais instituições consorciadas. Segundo a RNP, essa velocidade será de 1 gigabit por segundo. O reitor em exercício da universidade, professor Alvaro Crósta, destacou que a Redecomep Campinas qualificará a conectividade entre as instituições parceiras e a abrirá perspectivas para o desenvolvimento de atividades que trarão benefícios à população, como na área da telemedicina. “As possibilidades são ilimitadas. Nós sequer fazemos ideia, hoje, que uso poderemos fazer da rede daqui a dez anos”, pontuou.

O diretor geral da RNP, Nelson Simões da Silva, também enfatizou a importância da Redecomep Campinas para a geração e a difusão do conhecimento. Segundo ele, a infraestrutura implantada na região tem capacidade para atender as necessidades das instituições consorciadas por 25 anos. Ao todo, registrou Simões, o Brasil conta com 41 redes de alta velocidade semelhantes em operação.

Representando o prefeito Jonas Donizette na cerimônia, o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira considerou a inauguração da Redecomep Campinas como um avanço importante para o desenvolvimento educacional e científico da cidade. “A colaboração entre as instituições envolvidas certamente trará bons frutos para o município e seus moradores”, afirmou.

Clique aqui para acessar o site da Redecomep Campinas

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo