carregando...

Notícias

Notícias

Unicamp e universidade chinesa assinam acordo de cooperação



23/01/2015

Fonte: Universidade Estadual de Campinas

Acordo possibilitará realização de diferentes ações colaborativas entre instituições (Antonio Scarpinetti/Unicamp)A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Shenyang University (China), assinaram na terça-feira, 20 de janeiro, um convênio guarda-chuva que possibilitará a realização de diferentes ações colaborativas entre as duas instituições. “Embora não tenha sido proposital, é simbólico que assinemos o primeiro acordo de cooperação de 2015 com uma universidade da China, país com o qual queremos estreitar cada vez mais as nossas relações”, afirmou o coordenador-geral da Unicamp, professor Alvaro Crósta.

De acordo com o coordenador-geral, as iniciativas da Unicamp nesse sentido têm se intensificado. Em março, Alvaro Crósta irá à China, onde participará de um evento sobre educação superior e visitará a Beijing Jiaotong University, instituição com a qual a universidade já mantém parceria. Na sequência, no dia 23 de abril, será inaugurado oficialmente no campus de Campinas o Instituto Confúcio, cujo objetivo é promover o intercâmbio acadêmico, científico e cultural entre Brasil e China.

Segundo o dirigente da Vice-reitoria Executiva de Relações Internacionais (Vreri) da Unicamp, professor Luis Cortez, o convênio firmado com a Shenyang University permitirá uma série de colaborações. “Num primeiro momento, nós já vislumbramos a oportunidade de estabelecermos acordos de mobilidade de estudantes e docentes entre as duas universidades. Mas outras possibilidades serão estudadas e concretizadas”, disse.

Cortez adiantou que brevemente a Vreri lançará um edital exclusivo para promover a mobilidade de estudantes e docentes para universidades chinesas. Durante o encontro, os representantes da Shenyang University demonstraram interesse em estabelecer parcerias com a Unicamp em várias áreas do conhecimento, inclusive nas de arte e cultura.

Além de Alvaro Crósta e Luis Cortez, também participaram da reunião representando a Unicamp os diretores Esdras Rodrigues (Instituto de artes) e Peter Schulz (Faculdade de Ciências Aplicadas); o assessor da Vreri, Gustavo Paim Valença; o coordenador associado de graduação do Instituto de Economia (IE), Bruno Martarello De Conti; e o diretor brasileiro do Instituto Confúcio e docente do IE, Walter Belik.

 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo