carregando...

Notícias

Notícias

Unesp integra rede de pesquisadores em Gestão Social do Brasil



10/03/2015

Fonte: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Atividade será financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Reprodução)Recentemente a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) passou a integrar a Rede de Pesquisadores em Gestão Social do Brasil (RGS).

A integração se deu por meio do grupo de estudos em Gestão Social do Campus de Tupã, que foi iniciado em 2014 e é gerido pelos professores Nelson Russo de Moraes, Sérgio Braga Júnior e Angélica Góis Morales.

A RGS congrega autores e pesquisadores do tema “Gestão Social” no Brasil, inclusive e, principalmente, suas primeiras gerações, como Tânia Fisher, Guilherme Tenório, Ladislau Doubor, Rosinha Carrion, Paula Chies Schommer, Genauto Carvalho de França Filho, Airton Cardoso Cançado, Jeová Torres Silva Júnior, Sylvia Maria Azevedo Roesch, Vanessa Paternostro Melo, entre outros, que atualmente são referências obrigatórias para a pesquisa nos campos de “território”, “terceiro setor” e “gestão social”.

O encontro anual da RGS acontecerá nos dias 27 a 29 de maio na PUC-MG em Belo Horizonte e contará com a participação da Unesp Tupã, a qual também atuará na organização do IX Encontro Nacional de Pesquisadores em Gestão Social (Enapegs) em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em 2016, além de efetivar sua candidatura para sediar o Enapegs de 2017.

Os trabalhos do Grupo de Estudos em Democracia e Gestão Social (GEDGS) da Unesp de Tupã também passaram a contar com o “Observatório de Democracia e Gestão Social da UNESP” – projeto de extensão institucionalizado pelo Edital PROEX 2014/15 – e com dez pesquisas institucionalizadas e em curso.

Dentre as ações, destaca-se uma missão de pesquisa a ser realizada no mês de julho, na qual uma equipe de professores e universitários do Campus viajarão até a Amazônia brasileira a fim de coletar dados sobre o desenvolvimento de comunidades tradicionais indígenas, de pescadores, de geraizeiros e de garimpos.

Essa atividade será financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e ocorrerá com a cooperação logística da Universidade Federal de Tocantins (UFT).
 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo