carregando...

Notícias

Notícias

TMD Friction lança pedra fundamental de nova fábrica em Salto



14/05/2014

Fonte: Investe São Paulo

Há 39 anos na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo, a TMD Friction, tradicional fabricante de autopeças no Brasil, detentora da marca Cobreq e controlada pela japonesa Nisshinbo, está de mudança. Nesta terça-feira, 13 de maio, a empresa realizou o evento de lançamento da pedra fundamental de sua nova fábrica de pastilhas e lonas de freio em Salto, a 15 km da atual planta. Com investimento de R$ 142 milhões, a previsão é que a nova unidade comece a operar em 2016.

“Nos últimos dois anos temos tido a oportunidade de atender fornecedores de autopeças que, como vocês, ajudam a tornar o Estado de São Paulo o polo automotivo com a cadeia mais completa da América Latina. E o Governo do Estado é parceiro da indústria automobilística, incentivando e investindo neste importante setor”, disse na ocasião o diretor de Investimentos e Negócios da Investe São Paulo, Ermínio Lucci.

O diretor Geral de Negócios de Equipamentos Originais (OE) da empresa, Edilson Jaquetto, ressaltou a importância da participação da agência paulista desde os primeiros passos do empreendimento. “ A Investe SP nos ajudou muito na escolha do terreno mais adequado e continua dando suporte ao projeto”, explicou.

Ele falou sobre toda a história da Cobreq, exibindo um vídeo sobre como funciona a tecnologia de absorção de impacto dos freios e uma demonstração em 3D de como ficará a planta depois de pronta.

O prefeito da Estância Turística de Salto, Juvenil Cirelli, comemorou a instalação da unidade no Município. “A administração tem empenhado grande esforço na atração de empreendimentos empresariais e a TMD faz parte de um hall de 25 novas empresas anunciadas em 2013”, explicou. “Se vocês ficaram 41 anos em Indaiatuba, esperamos que fiquem pelo menos 100 por aqui – e vamos lutar para que este bairro permaneça sendo um distrito industrial”, completa Juvenil.

Os 550 funcionários da planta de Indaiatuba terão transferência automática para Salto, onde 200 novos postos de trabalho serão criados. O empreendimento está sendo implantado em terreno de 100.000 m², onde a nova fábrica terá 30.000 m² de área construída. O investimento faz parte do projeto Mudar para Melhorar.

Segundo Jaquetto, a ideia é ampliar a capacidade produtiva da empresa, acompanhando a demanda do mercado. Enquanto em Indaiatuba são produzidas 17 milhões de pastilhas por ano, a expectativa é que, em Salto, este número passe para 22 milhões. Já a produção anual de lonas de freio vai dorbrar, indo de 9 para 18 milhões de peças.

O diretor ainda informou que haverá um período de transição com a gradativa transferência para a planta de Salto entre 2015 e 2016, de forma que a TMD ficará operando simultaneamente em Indaiatuba e Salto até a conclusão das obras e instalações do novo espalho.

“Esta fábrica irá operar com maior capacidade de produção por meio da tecnologia de ponta e de novos equipamentos. As instalações serão mais modernas e atenderão os conceitos de ergonomia e saúde ocupacional”, finaliza.

O CEO do grupo TMD Friction, John Hudson, explicou que a decisão da empresa de investir na ampliação das operações brasileiras está diretamente relacionada ao crescimento econômico do País.

“Depois de mais de 40 anos em Indaiatuba, nossa planta se tornou uma “ilha” – uma fábrica em meio a um bairro residencial. Isso não só nos impede de crescer e aumentar a produção, mas também traz riscos e incômodos à população principalmente por conta do número de caminhões que recebemos na planta todos os dias. Em Salto, nesse distrito industrial, podemos continuar crescendo”, explicou.

Com o investimento, a TMD Friction do Brasil pretende elevar seu faturamento de R$ 140 milhões em 2013 para R$ 215 milhões em 2017, elevando também o market share de 36% para 41% no mercado de pastilhas para freios dianteiros e de 40% para 65% no de freios traseiros.

O vereador Willhes Gomes tressaltou a colaboração da Investe SP na vinda de novos investimentos para o município. “O trabalho da Investe São Paulo tem feito o Estado de São Paulo crescer e evoluir. A escolha de Salto para este investimento tem tudo a ver com aquilo que a agência viu em nossa cidade”, disse. Ele também afirmou que o poder legislativo irá trabalhar para que a área em que a TMD Friction vai se instalar continue sendo um distrito industrial.

Sobre a TMD Friction

A TMD Friction, uma empresa do grupo Nisshimbo, é a maior fabricante de material de fricção para veículos comerciais e de passageiros da indústria automotiva global. A empresa possui três centros de pesquisa e desenvolvimento, 13 plantas industriais em oito países, comercializando também as marcas Textar, Pagid, Mintex, Don, Cosid e Dynotherm.

A empresa fornece seus produtos para todo o mercado nacional de reposição e para as principais montadoras existentes no país. Globalmente possui 6.000 funcionários na área de freios e de material de fricção. Já o Grupo Nisshinbo conta com 22.000 colaboradores.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo