carregando...

Notícias

Notícias

Tecidos biológicos é tema de encontro em São Paulo



10/08/2012

O Ipen sedia, entre os dias 13 e 17 de agosto, encontro internacional sobre os avanços no uso da tecnologia das radiações e da nanotecnologia na área de engenharia de tecidos, no auditório do Centro de Tecnologia das Radiações (CTR) do instituto. Com o evento, pretende-se discutir a respeito de novas técnicas que contribuam para aprimorar a qualidade de tecidos utilizados, minimizando também problemas relacionados à escassez de material doado. Participam do workshop especialistas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e representantes de países da América Latina.

Entre os temas das palestras, uso da radiação para esterilizar tecidos biológicos, tecnologia laser em engenharia de tecidos, nanotecnologia aplicada à saúde, boas práticas de laboratório na preparação de material biológico, aspectos econômicos e de infraestrutura para uso clínico da engenharia de tecidos. Com o intercâmbio, espera-se a possibilidade de desenvolvimento de mais projetos multidisciplinares entre os países envolvidos. Também estão programadas visitas técnicas a laboratórios envolvidos com o tema. O evento é realizado no âmbito do projeto Arcal (Acuerdo Regional de Cooperación para La Promoción de La Ciência e Tecnologia Nucleares em America Latina), com o apoio da AIEA.

A tecnologia de radioesterilização de tecidos biológicos representa a possibilidade de se utilizar tecidos de alta qualidade para diversas aplicações clínicas. Pele, ossos, córnea, tendões e âmnion (membrana que constitui a bolsa amniótica) são exemplos de tecidos que podem ser doados e utilizados em aplicações clínicas diversas – em áreas como dermatologia, ortopedia, odontologia. A captação é realizada por equipe especializada, com a ciência e concordância do doador, já falecido, ou no caso do âmnion, coletado de mulheres que deram à luz por parto cesareano e que reúnem condições para se tornarem doadoras. A doação de âmnion no país ainda está em processo de regulamentação.

Investimento e capacitação são fundamentais para que o país avance no uso da radioesterilização e desfrute de todo o potencial desta tecnologia, de acordo com a farmacêutica bioquímica Monica Mathor, pesquisadora do CTR do Ipen.

Programa completo no site www.ipen.br/sitio/index.php?idc=11779. Outras informações pelo telefone 11 3133-9828 ou pelo e-mail mathor@ipen.br.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo