carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Subsecretário ministra palestra sobre Parque Tecnológico do Estado de SP



30/06/2014

Marcos Cintra declarou que o atual plano diretor, em votação na câmara municipal, é muito “econômico” em relação ao parque, pois não define nada do ponto de vista normativo

O subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Cintra, ministrou nesta segunda-feira, 30 de junho, na capital, a palestra “Plano Urbanístico projetado para o Parque Tecnológico do Estado de SP”. A apresentação integrou o workshop “Relevância Imobiliária / Ambiental do Parque Tecnológico do Estado de São Paulo”, promovido pela Agência USP de Inovação com o objetivo de debater a importância do empreendimento para a região.

Durante a exposição, o subsecretário explicou ser necessário reproduzir “em proveta” as condições que favoreceram a formação do Vale do Silício, que nasceu de um ambiente de convívio da comunidade científica com o meio universitário e empreendedores. Ele declarou que o atual plano diretor, em votação na câmara municipal, é muito “econômico” em relação ao parque, pois não define nada do ponto de vista normativo. “É preciso uma legislação urbanística para dar suporte ao empreendimento”, disse.

O público composto por autoridades, professores, empresários e estudantes acompanhou também a conferência “A metrópole contemporânea e os ambientes de inovação”, da professora da FAU/USP Regina Meyer, que acredita na influência do Parque Tecnológico do Estado de SP para integrar a USP com a cidade. “A iniciativa pode corrigir o aspecto de enclave da universidade, que passa a ser uma âncora, isto é, está balizada, mas é aberta, tem mais flexibilidade”, frisou.

Já o professor da PUC/SC Luiz Carlos Spinosa falou sobre sua experiência na área com a discussão “Ecossistemas de Inovação e Meio Urbano”, que retratou o perfil de iniciativas no Brasil e no exterior, além de mostrar alguns dos desafios para implantação dos espaços.

Encerrado o ciclo de palestras, foi composta uma mesa com todos os palestrantes e o pró-reitor de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), José Eduardo Krieger, para responder os questionamentos dos presentes.

Na oportunidade, foi realizada ainda a entrega do prêmio Olímpiadas USP de Inovação, que visa estimular a criatividade, inovação e empreendedorismo no Estado. A competição é destinada a graduandos, pós-graduandos, docentes, pesquisadores, funcionários especializados das instituições de ensino e empresários. É organizada pela Agência USP de Inovação em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa da universidade.

Sobre o Parque Tecnológico do Estado de São Paulo
Localizado na zona oeste da capital, o Parque Tecnológico do Estado de SP está instalado no entorno da Avenida Engenheiro Billings, junto ao maior polo de Ciência e Tecnologia da América Latina (USP, IPT, Ipen e Butantan). O complexo é voltado aos setores de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Saúde, Nanotecnologia, Novos Fármacos e Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) em acessibilidade, usabilidade e comunicabilidade para pessoas com deficiências e outros.

O terreno onde está alojado o núcleo central do parque tem área de 46 mil m². O prédio conta com instalações para abrigar empresas, centros de inovação, escritórios de entidades financiadoras de projetos, serviços de administração, apoio e áreas para eventos, com auditórios e espaços para exposições.
 

Clique aqui para ver mais fotos da palestra
 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo