carregando...

Notícias

Notícias

Sistema on-line apresenta potencialidades regionais



10/05/2010

Governador destacou postura pró-ativa do Estado em busca de novos investimentos

O governador Alberto Goldman lançou nesta segunda-feira, 10 de maio, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o sistema Potencialidades SP. Trata-se de um mecanismo on-line de análise de potencialidades econômicas regionais do Estado de São Paulo, disponível no site da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade – Investe SP www.investe.sp.gov.br/potencialidades. A ferramenta tem o objetivo de auxiliar possíveis investidores a identificar que atividades e quais municípios paulistas apresentam condições diferenciadas e favoráveis para a instalação de novas empresas no Estado de São Paulo.

“Quando eu estava na Secretaria de Desenvolvimento, muitos investidores vinham nos consultar e todas as informações sobre o Estado estavam pulverizadas. Agora, com esse sistema, temos condições de atender o investidor rapidamente e ter uma postura pró-ativa em busca de novos investimentos”, ressaltou o governador Alberto Goldman, que foi secretário de Desenvolvimento no período de janeiro de 2007 a janeiro de 2009.

Por meio de uma ferramenta de fácil utilização, com dados coletados de fontes do governo e do setor produtivo, o sistema é capaz de combinar os interesses dos empreendedores, relacionados à infraestrutura logística e energética, recursos naturais, capital intelectual, meio-ambiente e configurações do município, além de gerar relatórios que detalham a viabilidade das atividades econômicas nos municípios.

Secretário de Desenvolvimento ressaltou funcionalidade do novo sistema

“Essa é uma ferramenta de desenvolvimento econômico regional. Servirá para consulta de investidores e também para apoiar o trabalho da Investe SP, auxiliar empresas de consultoria e orientar os municípios para melhorar sua competitividade”, destacou o secretário de Desenvolvimento, Luciano Almeida.

“O site, que está disponível em português e inglês, auxiliará o empresário a ter acesso a informações estratégicas de todas as regiões do Estado, divididas em mais de 200 atividades econômicas”, explicou o presidente da Agência Investe São Paulo, Mario Mugnaini Júnior.

Didáticos, os relatórios utilizam mapas interativos e infográficos com uma escala de potencialidade (maior, menor e intermediária) para facilitar o entendimento do usuário sobre os dados técnicos. O empreendedor pode, por exemplo, identificar por meio do sistema quais municípios do Estado contam com incentivos fiscais e restrições ambientais para a implantação de empresas; e quais regiões do Estado são mais ou menos atrativas para a atividade de interesse do empreendedor. “Também poderemos em uma segunda fase mostrar o impacto de concessão de determinados incentivos fiscais”, afirmou o secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Mauro Ricardo Machado Costa.

Equipe do projeto é composta por membros do poder público e da iniciativa privada

O Projeto de Potencialidades Regionais / Sistema de Informações para Investidores foi desenvolvido pela Fundação Getúlio Vargas, para a Agência Investe SP, a pedido das Secretarias estaduais da Fazenda, Desenvolvimento, e Economia e Planejamento. O projeto contou com o apoio da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e da Imprensa Oficial, além de outros órgãos do governo e entidades de classe.

A Investe São Paulo, criada em 2008, será responsável pela divulgação do Potencialidades SP para investidores, pelo atendimento aos usuários do sistema e pelo esclarecimento de dúvidas sobre a metodologia e os resultados obtidos.

O Potencialidades SP dispõe das seguintes funcionalidades:

I - Resultados do sistema por municípios: demonstra, para cada município:

a) as atividades classificadas como de maior, intermediária e menor potencialidade;
b) os vetores estratégicos para o desenvolvimento do município e pontos de atenção em relação à existência de incentivos à implantação de empresas e/ou restrições ambientais, quando informados pela respectiva Prefeitura Municipal; e
c) o Índice Paulista de Responsabilidade Social.

II - Resultados do sistema por atividade: exibe, para cada atividade:

a) Os municípios em que a atividade está classificada como de maior, intermediária ou menor potencialidade;
b) Análise do resultado do cálculo de potencialidade a partir do detalhamento dos fatores de atratividade associados à atividade e suas respectivas classificações no município;
c) Comparação da análise do resultado do cálculo de potencialidade a partir do detalhamento dos fatores de atratividade associados à atividade e suas respectivas classificações em diversos municípios;
d) Indicadores do impacto econômico da atividade focando a geração de empregos e a integração às cadeias produtivas no Estado de São Paulo;
e) Vetores estratégicos para o desenvolvimento da atividade, quando apontados por associação setorial representativa dessa atividade; e
f) Detalhamento dos segmentos englobados pela atividade, conforme a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE.

III - Mapeamento dos fatores de atratividade: demonstra, para um determinado fator de atratividade a classificação atribuída em cada município do Estado de São Paulo;

IV – Seleção de fatores de atratividade: estima os municípios que satisfazem uma demanda específica de fatores de atratividade informada pelo usuário;

Sobre a Investe São Paulo
Criada em 2008, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade - Investe São Paulo executa um papel de articulação entre entidades públicas e privadas para a atração de novos investimentos nacionais e internacionais para o Estado, auxiliando o empreendedor na busca pelas melhores oportunidades de negócios, com o propósito de estimular a competitividade da economia, a geração de emprego e renda, e a inovação tecnológica no Estado de São Paulo.

Entre os principais trabalhos da Agência, estão as futuras instalações das empresas automobilísticas Hyundai, em Piracicaba, e Toyota, em Sorocaba. Os dois investimentos juntos somam US$ 1,2 bilhão e pretendem gerar cerca de 5 mil empregos diretos e indiretos.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo