carregando...

Notícias

Notícias

Secretário Rodrigo Garcia recebe delegação da Bélgica



31/10/2013

O encontro, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, teve como objetivo principal estreitar relações acadêmicas e econômicas entre São Paulo e o país europeu

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, recebeu nesta quinta feira, (31/10), no Palácio dos Bandeirantes, uma delegação formada por reitores e professores de universidades Belgas, liderada pelo ministro da Educação, Juventude e Igualdade de Chances de Bruxelas, Pascal Smet. O encontro, que também contou com a participação do cônsul geral da Bélgica em São Paulo, Didier Vanderhasselt,  e  do embaixador da Bélgica no Brasil, Jozef Smets,  teve como objetivo estreitar relações acadêmicas e econômicas entre São Paulo e o país europeu. Também participaram da reunião, representantes das universidades paulistas e do Centro Paula Souza.

Durante sua apresentação, Rodrigo Gracia traçou um panorama econômico do Brasil e de São Paulo e os programas estaduais voltados à inovação e ao ensino superior. “O estado é o melhor para se investir no País. Aqui temos as melhores universidades públicas e institutos. São investidos mais de13% da arrecadação em educação superior de alta qualidade, pesquisa e desenvolvimento. Estamos à disposição para trocar experiências com os educadores belgas”, acrescenta.

De acordo com o ministro da Educação, Juventude e Igualdade de Chances de Bruxelas, Pascal Smet, o Estado de São Paulo tem um importante destaque no ensino superior brasileiro. “Esperamos intensificar a cooperacação acadêmica por meio do intercâmbio de estudantes e educadores paulistas”, ressalta

Cooperação São Paulo-Bélgica
Em outubro de 2013, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), órgão vinculado à Secretaria, e a Direction Générale Opérationnelle Economie, Emploi & Recherche du Service Public de Wallonie (DGOEER), uma das principais financiadoras da Bélgica para pesquisa e desenvolvimento, assinaram um acordo de cooperação científica e tecnológica. O documento foi firmado durante seminário sobre parcerias público-privadas no Brasil e na Bélgica, realizado na sede da Fapesp.

Válido por três anos, o acordo prevê o financiamento de pesquisas conjuntas, principalmente nas áreas de biotecnologia, saúde, alimentos, tecnologias verdes e desenvolvimento sustentável, logística, mecânica, aeronáutica e aeroespacial.

Confira aqui mais fotos do evento.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo