carregando...

Notícias

Notícias

Secretário instala Comitê para enfrentar incêndio que atinge tanques de combustíveis em Santos



04/04/2015

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação

Comitê reuniu prefeito de Santos, secretários de Estado de Governo, comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, técnicos da Cetesb, Petrobras, Ibama, Defesa Civil, da Ultracargo e técnicos da Petrobras (Divulgação)O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, vice-governador Márcio França, instalou, no sábado, 4 de abril, a pedido do governador Geraldo Alckmin, um Comitê de Solução para o problema do incêndio que atinge, desde a última quinta, os tanques da empresa Ultracargo, no Bairro da Alemoa, em Santos. O Comitê reuniu o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa;  os secretários de Estado de Governo, Saulo de Castro; de Segurança, Alexandre Moraes, e de Comunicação, Márcio Aith, além de comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, técnicos da Cetesb, Petrobras, Ibama, Defesa Civil, da Ultracargo e técnicos da Petrobras.

A ação do grupo, que se mantém de plantão ininterruptamente, já resultou no envio, pela Petrobras, de caminhões de grande porte; de dois canhões de água de alta potência; uma plataforma de apoio, rebocadores e recursos humanos especializados. As Forças Armadas colocaram seus homens de prontidão, da mesma forma que a Defesa Civil e a Secretaria de Segurança do Estado. 

Segundo ação definida na noite de sábado, uma operação de remoção de produtos perigosos em tanques situados nas proximidades dos seis que pegaram fogo, já foi deflagrada e a expectativa é de conclusão do serviço até a manhã de domingo. Tudo para retirar da proximidade do fogo produtos com risco de causar algum tipo de impacto na população.

O vice-governador determinou atenção total às equipes, que devem estar preparadas, se necessário, até para a eventual evacuação de moradores próximos à área da Alemoa, que reúne 59 tanques, sendo que 11 deles estão vazios. Na reunião de ontem houve consenso dos técnicos de que não será necessário fazer a evacuação. Diante dos argumentos, Márcio França concordou, mas deixou claro que a população deve ser avisada imediatamente de qualquer risco e atendida rapidamente pelas equipes em caso de necessidade.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo