carregando...

Notícias

Notícias

Secretário e Laura Laganá se reúnem com representantes do Sindicato do Centro Paula Souza



17/03/2014

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Rodrigo Garcia e a diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, se reuniram na tarde desta segunda-feira, (17/03), com representantes do Sindicato dos Trabalhadores do órgão (Sinteps). As temáticas abordadas no encontro foram voltadas ao Plano de Carreira e Empregos Públicos, encaminhado à Assembleia Legislativa no último dia 28 de fevereiro. A reunião aconteceu após a cerimônia de lançamento oficial da Etec e Fatec Sebrae, nos Campos Elíseos, região Central de São Paulo.

Na ocasião, a presidente do Sinteps, Silvia Elena de Lima declarou que a entidade prepara uma relação de emendas que será apresentada à Assembleia. “Vamos elencar as questões prioritárias e encaminhar aos parlamentares. Gostaríamos de acrescentar alguns tópicos no Plano de Carreira dos profissionais”, ressalta.

De acordo com Rodrigo Garcia, o diálogo com as entidades de classe é muito importante para ouvir sugestões. “Sempre vamos receber o sindicato e estabelecer um contato cordial para estudar e apresentar propostas às demandas dos profissionais do Centro Paula Souza. Reitero o compromisso do Governo do Estado de São Paulo com todos os trabalhadores da autarquia”, acrescenta.

O Plano de Carreira enviado à Assembleia Legislativa prevê uma série de ações para os trabalhadores do Centro. Entre as propostas, estão: o aumento para professores de 6.10% a 15.8%, dependendo da faixa salarial e categoria; o enquadramento por tempo de trabalho, a partir de 2015; o aumento para 30% de horas atividades voltadas ao planejamento pedagógico; equiparação dos salários de todos os profissionais, conforme Lei. 1080 e outras iniciativas.

Sobre o Centro Paula Souza

Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o Centro Paula Souza administra Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma Etec –, em 306 municípios paulistas. As Etecs atendem mais de 216 mil estudantes nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços. Nas Fatecs, o número de alunos matriculados nos cursos de graduação tecnológica ultrapassa 64 mil.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo