carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Secretário conhece novas instalações do IPT



28/07/2011

Paulo Alexandre Barbosa observa projeto do Centro de Engenharia Naval e Oceânica

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, fez a sua primeira visita oficial ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), nesta quinta-feira, 28 de julho. Na oportunidade, ele foi recebido pelo diretor-presidente do IPT, João Fernando Gomes de Oliveira, para conhecer as novas instalações do Centro de Engenharia Naval e Oceânica (CNaval) e do futuro prédio de Bionanomanufatura, além de participar de um encontro com funcionários e colaboradores do instituto.

Durante sua apresentação, o secretário elogiou o trabalho de excelência realizado pelo IPT e o orgulho de o Estado de São Paulo ter uma instituição de peso que contribua para o desenvolvimento do País. Em seu discurso, ele lembrou do governador Geraldo Alckmin, ao afirmar que é fundamental a manutenção das políticas públicas implantadas. “A descontinuidade interrompe o avanço de projetos e ações. Percebemos aqui no IPT que foi mantida uma metodologia de gestão, trazendo resultados expressivos. E a intenção é continuar a condução técnica do instituto, porque há muito a ser feito para corresponder aos desafios da economia nacional”, afirmou.

Secretário destacou importância do papel do IPT no progresso científico do Estado

Os bons números do Estado de São Paulo – 33% do PIB nacional, 40% do mercado consumidor nacional e os recentes investimentos no setor de petróleo e gás da Baixada Santista – também foram mencionados pelo secretário, que preside o Conselho de Administração do IPT. Para avançar em tais índices, Paulo Alexandre Barbosa enfatizou que a garantia da competitividade das indústrias e de outros setores da economia depende da inovação. “O IPT tem um papel estratégico neste cenário. Vivemos em um momento de grande entrada de investimentos do exterior, e a competição é grande entre os estados para atrair recursos. Pretendemos ‘vender’ a marca do IPT como o diferencial que nenhum outro estado oferece na prestação de serviços e desenvolvimento de pesquisas”, ressaltou.

Depois da apresentação, o secretário visitou o futuro prédio de Bionanomanufatura, que recebeu investimento de R$ 46 milhões para sua construção, permitindo que o instituto passe a atuar nas áreas de biotecnologia, tecnologia de partículas, micromanufatura de equipamentos e metrologia. No Centro de Engenharia Naval e Oceânica do IPT, Paulo Alexandre Barbosa conheceu um dos maiores tanques do País para testes de modelos de embarcações e plataformas de petróleo.

Uma das mais importantes instituições de pesquisas do Brasil, o IPT vem há 112 anos colaborando para o processo de desenvolvimento do País. Vinculado à SDECT, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados. Por meio de 12 centros tecnológicos e um núcleo administrativo, atua de forma multidisciplinar, contemplando os mais diversos segmentos como energia, transportes, petróleo e gás, meio ambiente, construção civil, cidades e segurança.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo