carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Secretaria libera R$ 6 mi para a Região de Botucatu



19/08/2011

Anúncios fizeram parte da primeira edição do Acelera SP, promovido pela SDECT

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, anunciou na tarde desta sexta-feira (19), durante evento em Botucatu, uma série de ações para os municípios da região que, somadas, representam mais de R$ 6 milhões em investimentos. Entre as medidas previstas está um novo aporte de recursos de R$ 4 milhões para complementar as obras de construção do Parque Tecnológico de Botucatu. Com a liberação, chega a R$ 9 milhões o total já investido pelo Governo de São Paulo no projeto.

Na ocasião, o secretário lançou, regionalmente, o programa Via Rápida Emprego, que oferecerá 996 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos em 25 municípios da região, representando um investimento de R$ 2 milhões. As turmas começam a ser formadas no final de agosto.

Os anúncios fizeram parte da primeira edição do Acelera São Paulo – Encontros para o Desenvolvimento Regional -, que ocorreu na Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), em Botucatu.

“O Acelera São Paulo representa o esforço do Governo do Estado para aproximar e estreitar as relações com os municípios, apresentando aos prefeitos as ações que irão contribuir com o crescimento das diversas regiões do Estado”, disse o secretário Paulo Alexandre.

Durante o evento, também foram assinadas parcerias com as prefeituras de Anhembi e Bofete para contratação de laudos técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), por meio do Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios (Patem), e o termo de adesão do município de Taquarivaí ao Sistema Integrado de Licenciamento (SIL).

Mantido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o Patem financia serviços especializados do IPT para obtenção de diagnósticos emergenciais em municípios de pequeno e médio porte.

Já com a adesão ao SIL, Taquarivaí começa a se adequar para integrar o sistema, que disponibiliza a micro, pequenos e médios empreendedores um serviço unificado para obtenção de licenças para o funcionamento de suas atividades econômicas.

Pela manhã, as equipes técnicas da secretaria e de seus órgãos vinculados apresentaram os projetos da pasta e discutiram as demandas regionais. Prefeitos e empresários foram atendidos pelas equipes, definindo, em conjunto, novos projetos que estarão entre as prioridades a curto, médio e longo prazos.

Dentre os temas, foram debatidas propostas de estímulo à atividade econômica focadas nas vocações regionais e na geração de emprego e renda. O evento destacou as ações voltadas à capacitação de mão de obra, incentivo à pesquisa, atividades no setor de ciência e tecnologia, apoio ao microempreendedor, expansão do acesso aos ensinos técnico e superior, além da atração de novos investimentos.

Os encontros do Acelera São Paulo pretendem percorrer todo o Estado, dividido em 14 regiões com afinidades econômicas, para fortalecer o diálogo e a troca de experiências entre os poderes públicos municipais, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e os setores produtivos regionais.

Nesta primeira edição foram contemplados 40 municípios: Águas de Santa Bárbara, Angatuba, Anhembi, Arandu, Areiópolis, Avaré, Barão de Antonina, Bofete, Botucatu, Buri, Campina do Monte Alegre, Cerqueira César, Conchas, Coronel Macedo, Fartura, Guareí, Iaras, Itaberá, Itaí, Itapeva, Itaporanga, Itararé, Itatinga, Jumirim, Laranjal Paulista, Manduri, Paranapanema, Pardinho, Pereiras, Piraju, Porangaba, Pratânia, Riversul, São Manuel, Sarutaiá, Taguaí, Taquarituba, Taquarivaí, Tejupá e Torre de Pedra.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo