carregando...

Notícias

Notícias

Secretaria assina acordo com Cultura Inglesa



26/07/2012

Secretário, diretora do Centro Paula Souza e gerente geral da Cultura Inglesa (Ismael Vieira/SDECT)

 

O secretário adjunto responsável pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), Luiz Carlos Quadrelli, participou nesta quinta-feira, 26 de julho, da cerimônia de assinatura de convênio entre o Centro Paula Souza e a Cultura Inglesa, realizada na sede da Pasta. O evento contou com as presenças da diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, da gerente geral da Cultura Inglesa de São Paulo, Lorraine de Matos, além de representantes e técnicos das instituições.

O objetivo do acordo é contribuir para o aprimoramento e qualificação dos professores de inglês das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs), com cursos de especialização presencial e de aperfeiçoamento on-line. “Estamos satisfeitos em poder capacitar os professores do Centro Paula Souza, que vão colaborar para o aprendizado dos 258 mil estudantes da rede de ensino técnico”, ressaltou Luiz Carlos Quadrelli.

Por meio do convênio, os docentes do Centro Paula Souza participarão gratuitamente do Programa de Formação Continuada em Língua Inglesa, que será executado pela Cultura Inglesa em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). O projeto vai beneficiar 400 professores de inglês do interior e da capital paulista, sendo 300 profissionais de Etecs e 100 de Fatecs.

Sobre o projeto
O participante do programa terá acesso aos seis módulos de língua inglesa na Cultura Inglesa, até que seu nível lingüístico alcance o patamar convencionado como B1 pelo Conselho Europeu para Línguas, que estabelece parâmetros para o ensino de línguas estrangeiras.

Após avaliação e aprovação do nível de proficiência, o professor será encaminhado ao curso de especialização ou aperfeiçoamento na PUC-SP, conforme levantamento de necessidades das Coordenações de Inglês das Etecs e Fatecs, O docente terá ainda livre acesso ao e-Campus da Cultura Inglesa para prática da língua. A proposta inclui também pacotes on-line de auto-estudo com posterior leitura de textos e fóruns, igualmente on-line, para discussão com colegas e mediados por tutores especializados da Cultura Inglesa. Estão previstos workshops mensais ou semestrais para a região da Grande São Paulo e interior do Estado.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo