carregando...

Notícias

Notícias

Santa Isabel terá Escola Técnica



06/07/2009

A Secretaria de Desenvolvimento assinou neste sábado, 4 de julho, convênio com a prefeitura de Santa Isabel para criação de uma Escola Técnica (Etec) na cidade. A Etec será implantada onde funciona atualmente uma escola municipal de ensino fundamental, que mudará para um novo espaço. O prédio será readequado pela prefeitura e o Estado passará a administrar o local a partir de 2010, aumentando a oferta de vagas de ensino técnico gratuito na região com a implementação de novos cursos de acordo com o mercado.

Durante a assinatura do convênio, o secretário estadual de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, destacou a importância da qualificação da mão-de-obra profissional. “Cada vez mais cresce a procura por cursos técnicos. De cada cinco alunos que se formam nas Etecs, quatro já saem empregados. Esse é o ensino que vira emprego”, ressaltou.

O prefeito de Santa Isabel, Helio Buscarioli, lembrou que a iniciativa vai permitir ao aluno estudar em tempo integral. “O jovem, a partir do segundo ano, pode estudar o ensino médio regular pela manhã e o curso técnico à tarde ou à noite. Em um ano e meio, ele sai com os dois diplomas”, afirmou.

A escola já oferece os cursos técnicos de Administração e Informática como classe descentralizada. Neste segundo semestre de 2009, haverá uma novidade: o curso de Logística, que conta com 40 vagas no período noturno. O vestibulinho será no dia 12.

A Etec de Santa Isabel passará a funcionar em 2010, com capacidade para 700 alunos matriculados e dois novos cursos: Marketing e Webdesign, além dos já existentes.

A criação da nova Etec faz parte do Plano de Expansão do Ensino Profissional do Centro Paula Souza – autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento que administra as Etecs e as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado. O plano, que é uma das prioridades do governador de São Paulo, José Serra, tem como meta aumentar em 100 mil o número de matrículas no Ensino Técnico e em 50 mil no Ensino Médio nas Etecs, além de dobrar o número de Fatecs, passando de 26 para 52 unidades até 2010.

Empregabilidade
De acordo com levantamento da Área de Avaliação Institucional (AAI) do Centro Paula Souza, 77,3% dos técnicos formados pelas Etecs conseguem emprego um ano após a conclusão do curso. As estatísticas mostram, ainda, que 85,6% desses técnicos têm vinculo formal de trabalho e ganham, em média, 2,2 salários mínimos mensais.

O setor da indústria, segundo o estudo, é o que mais emprega (28,2%), seguido por serviços (18,4%), comércio (14,%), saúde (9,2%), informática (6,6%), educação (4,9%), agropecuária (4,5%) e construção civil (4,3%). As empresas que mais contratam são as grandes corporações, com 30,2% da força de trabalho, seguidas pelas empresas de médio porte, com 20,5%. Depois aparecem serviço público (16,3%), microempresas (15,9%), pequenas empresas (15,8%), e propriedades rurais, com índice de contratação de 1,4%.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo