carregando...

Notícias

Notícias

Região Noroeste terá plano de desenvolvimento



26/08/2011

Com verba do Programa de Fomento ao Desenvolvimento Regional, o secretário Paulo Alexandre Barbosa assinou nesta sexta-feira (26), durante o Acelera São Paulo, em Santa Fé do Sul, o protocolo de intenções com as cidades que integram a Associação dos Municípios da Araraquarense (AMA). A parceria prevê a elaboração do Plano de Desenvolvimento Estratégico da Região Noroeste, com investimento inicial estimado em R$ 1,5 milhão.Os estudos visam definir estratégias para o desenvolvimento integrado nas áreas de piscicultura, turismo, movelaria, fruticultura e agronegócios.

O programa garante o financiamento de projetos e estudos técnicos que ajudem a promover o desenvolvimento sustentável de municípios da região. Os recursos podem ser aplicados na estruturação das cadeias produtivas, manutenção e recuperação da qualidade ambiental regional e inter-regional e implantação, manutenção, expansão e melhoria de infraestrutura e serviços públicos.

No estímulo ao fomento também serão promovidos estudos para a qualificação profissional ou formação técnica ou tecnológica, além de ações de incentivo à ciência, tecnologia e inovação e a promoção do empreendedorismo e de micro, pequenas e médias empresas. “São iniciativas que abrem novas possibilidades para a geração de trabalho e renda”, disse o secretário.

Os encontros do Acelera São Paulo percorrerão um total de 14 regiões do Estado, com o objetivo de fortalecer o diálogo e a troca de experiências entre os poderes públicos municipais, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e os setores produtivos regionais.

Dentre os temas debatidos durante o evento em Santa Fé do Sul estiveram propostas de estímulo à atividade econômica, focadas nas vocações regionais e na geração de emprego e renda. O encontro destacou as ações voltadas à capacitação de mão de obra, incentivo à pesquisa, atividades no setor de ciência e tecnologia, apoio ao microempreendedor, expansão do acesso aos ensinos técnico e superior, além da atração de novos investimentos.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo