carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Região Noroeste discute plano de desenvolvimento



15/09/2011

Na reunião, foram discutidos detalhes do convênio que será assinado com a AMA

Prefeitos da Região Noroeste do Estado estiveram reunidos nesta quarta-feira (14) com a equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, na sede da pasta, na Capital, para discutir a elaboração do Plano de Desenvolvimento Estratégico, cujo protocolo de intenções foi celebrado durante a segunda edição do programa Acelera São Paulo, realizada no final de agosto, em Santa Fé do Sul.

Segundo a assessora da Coordenadoria de Desenvolvimento Regional Territorial, Sueli Cavalhero, a reunião serviu para definir detalhes sobre o convênio que será assinado com a Associação dos Municípios da Araraquarense (AMA), que tem como objetivo financiar estudos para o desenvolvimento integrado em áreas como piscicultura, turismo, movelaria e agronegócios.

“Na primeira etapa do processo, a empresa de consultoria a ser contratada deverá apresentar no prazo de 90 dias um diagnóstico regional, um planejamento estratégico e um plano de marketing. Na etapa seguinte, será apresentado um plano executivo de investimentos”, explicou Sueli.

Os 120 municípios que integram a Associação Araraquarense foram divididos em seis microrregiões, que levarão em consideração a vocação de cada uma dessas localidades. Com isso, os estudos da micro-região de Votuporanga estarão focados, por exemplo, no setor moveleiro, enquanto os da região de Santa Fé do Sul terão foco específico para o incremento da piscicultura e do turismo.

Além do presidente da AMA e prefeito de Álvares Florence, Alberto César de Caires, a reunião contou com as presenças dos prefeitos de Santa Fé do Sul, Santa Rita D´Oeste, Américo de Campos, Sud Mennucci, Monte Alto, Dobrada, Irapuã, Taquaritinga e Três Fronteiras.

O prefeito de Santa Fé do Sul, Toninho Favaleça, afirmou que apoio que vem recebendo do Governo de São Paulo é estratégico para as cidades da região. “Esse estudo vai fazer com que nossa região, que tem um potencial muito grande de crescimento, possa aproveitar esse momento de expansão dos ramais rodoviários, ferroviário e hidroviário. Com todos os investimentos que estão sendo feitos pelo Governo do Estado, será possível traduzir tudo isso em qualidade de vida da população, levando em conta nossa verdadeira vocação para o turismo e para a piscicultura”, destacou o prefeito.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo