carregando...

Notícias

Notícias

Região de Jales terá Central de Processamento e Industrialização de Resíduos



29/11/2013

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI), Rodrigo Garcia, assinou nesta sexta- feira, (29/11), às 15h, na Câmara Municipal de Jales, convênio com a Prefeitura para a implantação da Central de Processamento e Industrialização de Resíduos do Arranjo Produtivo Local (APL) da região.

De acordo com Rodrigo Garcia, o objetivo central da ação é a criação de um centro especializado na operacionalização da gestão dos resíduos sólidos. “A iniciativa proporcionará melhorias na quantidade e qualidade dos serviços prestados e fortalecerá a economia e o empreendedorismo local”, completa.
 
A Central de processamento organizará a cadeia produtiva de resíduos sólidos, por meio da profissionalização dos catadores. Ela também vai oferecer estrutura necessária para que os profissionais possam realizar o processamento do lixo e aperfeiçoar a qualidade do serviço prestado. Serão investidos de R$ 608.499,08, sendo R$ 596.726,00 da SDECTI e R$ 11.723,08 em contrapartida da prefeitura. O prazo do convênio é de seis meses.
 
APL de Resíduos sólidos
 
O APL de  Resíduos Sólidos possui quatro cooperativas e beneficia 200 catadores da região. Ela abrange os municípios de Jales, Aparecida d´Oeste, Aspásia, Auriflama, Dirce Reis, Dolcinópolis, Estrela d´Oeste, General Salgado, Guarani d´Oeste, Ilha Solteira, Indiaporã, Macedônia, Marinópolis, Mesópolis, Mira Estrela, Nova Canaã Paulista, Ouroeste, Palmeira d´Oeste, Paranapuã, Pedranópolis, Pontalinda, Populina, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara d´Oeste, Santa Fé do Sul, Santa Rita d´Oeste, Santa Salete, Santa da Ponte Pensa, São Francisco, Suzanópolis, Três Fronteiras, Turmalina, Urânia, Vitória Brasil.

Clique aqui e confira mais fotos do evento.
 
 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo