carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Projetos de Etecs participam de SBPC Jovem



19/07/2013

Fonte: Centro Paula Souza

Aluna Ângela Ferreira de Oliveira, da Etec de Franca, apresenta seu projeto (Divulgação)A Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. Carmelino Corrêa Júnior, de Franca, participa com oito projetos de alunos do Ensino Médio na SBPC Jovem, evento que faz parte da 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Um trabalho da Etec Vila Formosa, da Capital, também foi selecionado. Ao todo, serão expostos 50 projetos entre os dias 21 e 26 de julho no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife.

“Contamos com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para aquisição de equipamentos. Nossos alunos estão muito motivados para participar das feiras”, diz Joana D’Arc Félix de Sousa, orientadora dos projetos da Etec de Franca. “Entre os oito projetos selecionados para a SBPC Jovem, temos estudantes que também cursam Ensino Técnico em áreas como Meio Ambiente e Agronegócio”, completa.

Ângela Ferreira de Oliveira, aluna do curso técnico em Curtimento da Etec de Franca, atua há 6 meses no projeto de Geração de pele humana para transplantes e testes farmacológicos. É a sexta atividade de pesquisa de Ângela e a primeira oportunidade de investigar a área da saúde humana, que a interessa muito. Os testes com a pele de porco – em que a gordura e outros elementos são retirados para evitar a rejeição nos implantes em seres humanos – estão sendo feitos em parceria com a USP de Ribeirão Preto.

Com o projeto sobre obtenção de fertilizantes a partir de lodos de curtumes, que também foi selecionado para a SBPC Jovem, Ângela conquistou o 2º lugar na 11ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, Criatividade e Inovação (Febrace), na categoria Ciências Agrárias, em março de 2013.

O trabalho da Etec Vila Formosa que vai para Recife teve como proposta desenvolver um ponto eletrônico com recursos da biometria. Segundo o orientador do projeto, Luis Pinheiro, “a ideia dos alunos – que além do Ensino Médio cursam o técnico em Informática – é auxiliar a própria unidade, onde o ponto dos professores e funcionários é assinado manualmente”. Pensando em estender a divulgação do projeto, Pinheiro pretende levar a proposta dos alunos à Agência Inova Paula Souza.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo