carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Projeto da Unesp vence Prêmio Santander



06/11/2014

Fonte: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

 Alves e Colvara recebem troféu do Prêmio Santander - Empreendedorismo 2014 (Daniel Patire/Unesp)O pós-graduando da Universidade Estadual paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) Julio Oliveto Alves foi um dos vencedores do Prêmio Santander Universidades-Empreendedorismo 2014. Ele venceu com o projeto Livre-Sistemas Motorizados Multifuncionais, com plano de negócios de abertura de empresa para o desenvolvimento e comercialização do Radical (kit elétrico para conversão em triciclo elétrico), entre outros produtos adaptáveis em cadeira de rodas manuais. O anúncio foi feito durante a cerimônia de premiação, que foi realizada nesta quarta-feira, 5 de novembro, na capital paulista.

"O prêmio é um reconhecimento da evolução do plano de negócios e da estruturação da produção do Livre", comentou o studante do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia, Câmpus de Guaratinguetá, Alves Â. "E ter participado todo o processo do prêmio, além de divulgar nosso produto, permitiu também aprimorar nosso plano, com foco nos indicadores financeiros, viabilidade, entre outros."

No aniversário de 10 anos dos Prêmios Santander Universidades, o evento contou com a presença do governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin, do pró-reitor de Graduação Laurence Duarte Colvara, de Sheila Zambello de Pinho, diretora-presidente da Fundação para o Vestibular da Unesp (Vunesp), da assessora da Pró-reitoria de Graduação (Prograd) Maria de Lourdes Spazziani, além do staff do Banco Santander e do projeto Santander Universidades, e de reitores, professores e estudantes de universidades de todas as regiões do país.

"A premiação coloca no cenário nacional, e até internacional, a produção do conhecimento feito na Unesp, dando destaque a essa", disse Colvara. "A indicação entre os finalistas, e o prêmio, valoriza todo o trabalho de Ensino e de Pesquisa realizado na e pela Instituição." O Centro de Estudos e Práticas Pedagógicas (Cenepp) foi indicado entre os três finalistas no Prêmio Santander - Guia do Estudante, na categoria Formação Docente, pelo projeto "Formação Contínua de Professores".

Projeto vencedor
O kit que permite dar autonomia aos cadeirantes, com o acoplamento de um motor elétrico em cadeiras de rodas manuais, foi um dos finalistas do Prêmio Santander 2013,e alcançou o segundo lugar na Competição I2P, realizada pela Agência Unesp de Inovação, em 21 e 22 de agosto deste ano.

"A participação em diferentes competições, com enfoques diferenciados, nos permitiu aprimorar tanto nosso projeto, isto é, o produto em si, como também nosso plano de negócio", salientou Alves. "E agora vamos tornar o Livre uma realidade, com a produção das duas primeiras unidades vendidas."

O kit possibilita a um usuário de cadeira de rodas enfrentar um trecho de subida com até 40% de inclinação. A tecnologia é simples, uma terceira roda dianteira com baterias, e o custo é baixo: a redução prevista é de até 60% em relação a produtos similares importados.

O sistema foi desenvolvido como resultado do mestrado de Alves, sob a orientação do professor Victor Orlando Gamarra-Rosado. Em junho de 2012, o pedido de patente da tecnologia foi depositado pela Agência Unesp de Inovação (AUIN) junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). O protótipo foi apresentado ao público em agosto, na Feira de Reabilitação 2012, evento ocorrido na cidade São Paulo.

O equipamento é de fácil instalação em qualquer modelo de cadeira de rodas e pode ser utilizado em diferentes tipos de terreno, mas exclusivamente em ambientes externos, de acordo com seus inventores. Suporta até 90 quilos com velocidades superiores a 30 quilômetros por hora, reduzindo para 5 quilômetros por hora nos trechos de subida.

No Brasil, onde Gamarra-Rosado observa um atraso do mercado nacional em relação a novas tecnologias nesse setor, cadeiras de rodas motorizadas importadas podem ser adquiridas por cerca de R$ 10 mil, enquanto o custo do protótipo desenvolvido na Unesp custaria, aproximadamente, R$ 4 mil. Veja mais sobre o projeto.

Formação continuada
O Cenepp realiza projetos de formação continuada voltados para professores universitários. Sob a coordenação da professora Alessandra de Andrade Lopes, e com apoio da Prograd, o centro desenvolve  a Oficina de Estudos Pedagógicos, onde os docentes fazem por quatro dias cursos, dinâmicas e discussões sobre temas de educação e, sobretudo, de suas práticas de Ensino.

"A indicação ao prêmio coroa uma ação inédita da Unesp no país. Foi a primeira universidade a criar um centro voltado para a formação continuada em práticas pedagógicas para seu próprio corpo docente", destacou o professor da Faculdade de Medicina Veterinária, Câmpus de Botucatu e membro do Cenepp, João Carlos Pinheiro Ferreira.

Hoje, o centro está presente nas 34 unidades universitárias, e já atendeu cerca de 67% de dos docentes da Universidade em suas atividades.

Clique aqui e leia mais sobre o Centro.

Os Prêmios
Em 2014, os Prêmios Santander Universidades completam 10 anos com número recorde em inscrições. No total, 20.106 projetos de universitários de graduação e pós-graduação, pesquisadores e acadêmicos em geral foram inscritos, em 2014. É um crescimento de 19% em relação a 2013. Neste ano, a quantidade de instituições de ensino superior participantes também cresceu, passando de 618 para 1.067 – 73% a mais.

Os Prêmios Santander Universidades, convocados por Banco Santander a través de sua Divisão Global Santander Universidades, são compostos por quatro premiações: Prêmio Santander Empreendedorismo, Prêmio Santander Ciência e Inovação, Prêmio Santander Universidade Solidária e Prêmio Guia do Estudante – Destaques do Ano. Cada projeto é avaliado por uma banca independente, formada por instituições de reconhecidas nacional e internacionalmente: Academia Brasileira de Ciências, , Editora Abril, Endeavor, Fundação Dom Cabral e UniSol. Em 2014, serão distribuídos mais de R$ 2 milhões em prêmios e bolsas de estudos internacionais da Babson College.

Assista a reportagem da TV Vanguarda sobre o projeto da Unesp: Invenção pode ajudar cadeirantes.

 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo