carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Pesquisadoras do Ipen tomam posse na Aciesp



27/09/2012

As pesquisadoras do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) Linda Caldas e Mitiko Saiki tomam posse na Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp), hoje (27), às 18h30min, no Auditório Ulisses Guimarães do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. A cerimônia contará com a presença do Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Em ofício, o atual presidente da Aciesp José Eduardo Krieger parabenizou as pesquisadoras, que integram a lista dos acadêmicos eleitos em 2012 junto com outros 95 novos membros. O presidente da CNEN Ângelo Fernando Padilha também foi indicado para a Academia. Os membros da ACIESP são escolhidos entre os cientistas mais atuantes e produtivos do Estado.

Fiquei muito contente, não esperava por isso, afirmou Mitiko Saiki. Ela é formada em Engenharia Química pela Escola Politécnica da USP e com doutorado pela mesma instituição. Ingressou no Ipen em 1970, ainda como bolsista, sendo contratada no ano seguinte. Aposentou-se em maio deste ano e continua como orientadora credenciada do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Nuclear do Ipen, ministrando duas disciplinas na pós e uma optativa para alunos de graduação da USP. Desenvolve pesquisas relacionadas à determinação de elementos-traço utilizando técnicas analíticas nucleares, principalmente nas áreas de saúde e meio ambiente. Na cerimônia de 56 anos de fundação do Ipen, em agosto deste ano, foi homenageada juntamente com outros pesquisadores aposentados que prestam serviços voluntários à instituição.

Linda Caldas, Física pela USP, é diretora de Segurança do Ipen, tendo assumido a então Diretoria de Segurança Radiológica em 1990. Iniciou sua carreira no instituto em 1970, como bolsista de iniciação científica. Foi contratada em 1975, após a conclusão de seu mestrado pelo Instituto de Física da USP. Desenvolveu seu doutorado na Alemanha, tendo concluído em 1980. Realiza pesquisas na área de metrologia das radiações. Ao ser perguntada sobre seu sentimento em passar a integrar a Academia de Ciências de São Paulo, afirmou ter ficado surpresa com a indicação, muito feliz e honrada.

Para o superintendente do instituto, Nilson Dias Vieira Junior, a indicação demonstra a força feminina na pesquisa, reunido muita determinação, alta competência técnica e científica e seriedade no trabalho.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo