carregando...

Notícias

Notícias

Pesquisador do IPT recebe prêmio por fotografia de obra



11/10/2013

Pesquisador Marcelo Gramani à frente de painel com as fotos concorrentesUma fotografia premiada e mais duas entre as finalistas, além de um artigo apresentado em uma sessão de casos históricos de eventos geotécnicos, compõem o balanço da participação do geólogo e pesquisador do Laboratório de Riscos Ambientais do IPT, Marcelo Fischer Gramani, na 6ª Conferência Brasileira de Encostas, a Cobrae 2013. O evento aconteceu entre os dias 4 e 6 de outubro na cidade de Angra dos Reis (RJ) e Imagem premiada mostra estrutura de contenção na cidade paulista de São Luiz do Paraitinga  teve como foco nesta edição o tema ‘Encostas: Uso e Abuso’, com 15 palestras em cinco sessões plenárias e 48 artigos em oito sessões paralelas durante os três dias.

A competição de fotografias foi instituída este ano e estava aberta em duas categorias, ‘Ruptura em Encostas’ e ‘Obras de Estabilização’, para trabalhos que registraram casos de deslizamento ou obras em encostas, respectivamente, em qualquer fase de sua execução dentro do território brasileiro. Gramani foi o vencedor na categoria ‘Obras de Estabilização’ com uma foto de estrutura de contenção executada entre os fundos das moradias localizadas na Rua do Carvalho e o Rio Paraitinga, na cidade de São Luiz do Paraitinga.

A imagem premiada foi feita durante a reavaliação das áreas de risco do município, realizada em 2012 pelo IPT dentro do Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios, o Patem, uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo. Outra foto de Gramani, mostrando uma obra de estabilização em uma encosta de Cubatão e tirada durante um sobrevoo na Serra do Mar em função dos grandes acidentes registrados em fevereiro de 2013, Pesquisador Marcelo Gramani à frente de painel com as fotos concorrentes concorreu na mesma categoria. Finalmente, uma imagem da cidade de Ilhota, feita durante os trabalhos de atendimento do IPT ao desastre ocorrido em Santa Catarina em 2008, concorreu na outra modalidade.

A participação do pesquisador dentro da sessão paralela de casos históricos deu-se com uma apresentação de um artigo sobre a corrida de detritos (debris flow) no Ribeirão Cágado, um rio da Serra do Mar Paulista, evento que atingiu a cidade de Cubatão em fevereiro de 2013.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo