carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Parque Tecnológico de Ilha Solteira entra no SPTec



27/03/2010

Com a assinatura do pré-credenciameto, Ilha Solteira passa a fazer parte do SPTec

O projeto do Parque Tecnológico de Ilha Solteira a partir de agora faz parte do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). O credenciamento provisório do empreendimento no SPTec foi assinado neste sábado, 27 de março, pelo secretário de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante solenidade na Câmara de Ilha Solteira.

O complexo será implantado em uma área urbana de 316 mil m², localizada na Avenida Otacílio Martins, próximo ao campus três da Unesp, à Subestação da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep), à Escola Técnica (Etec) e ao Laboratório de Engenharia Civil da Companhia Energética de São Paulo (Cesp). O local abrigará instituições de ensino e pesquisas, laboratórios, empresas incubadas, entidades públicas, centro de convenções, feiras e negócios.

O empreendimento será voltado às áreas de pesquisa e desenvolvimento nos setores agroindustrial, de bioenergia e de biotecnologia. Dentre as atividades do parque destacam-se: Métodos e Técnicas de Avaliação de Impactos de Riscos Ambientais; Eletrônica de Potência e Qualidade da Energia Elétrica; Fisiologia, Bioquímica de Leguminosas e Gramíneas Tropicais; Genética Molecular (genética e câncer); Polímeros; Resíduos Sólidos para a Produção de Materiais Aplicáveis à Construção Civil; Instrumentação Eletrônica e Sensores.

O projeto é uma ação conjunta do governo do Estado com a Prefeitura Municipal, a Usina Ilha Solteira, a Unesp e os empresários da região. Com a entrada do município no SPTec, já chegam a 12 as iniciativas com credenciamento provisório: Barretos, Botucatu, Campinas (Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp), Ilha Solteira, Piracicaba, Santos, São José dos Campos, São Paulo (Jaguaré), Sorocaba, São Carlos (duas iniciativas: ParqTec e Parque EcoTecnológico) e São José do Rio Preto. Até o fim do mês, está prevista a entrada de mais três projetos no SPTec: São Paulo (zona leste), Santo André e Mackenzie-Tamboré.

Incentivos
As empresas que se instalarem em parques tecnológicos do SPTec poderão participar do programa estadual de incentivos fiscais, chamado “Pró-Parques”. Instituições de apoio e empresas de base tecnológica poderão utilizar créditos acumulados de ICMS ou diferir o imposto para pagamento de bens e mercadorias a serem utilizados em investimentos e no pagamento de ICMS relativo à importação de bens destinados ao ativo imobilizado.

Incubadora de empresas
A Prefeitura de Ilha Solteira e a Unesp firmaram recentemente uma parceria para a criação de uma incubadora de empresas de base tecnológica, que será o embrião do Parque Tecnológico. A incubadora funcionará provisoriamente na antiga Escola de Engenharia da Unesp, no centro da cidade. Em breve será lançado um edital para selecionar os projetos, que poderão ficar incubados por até dois anos para depois se tornarem empresas competitivas que farão parte do Parque Tecnológico.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo