carregando...

Notícias

Notícias

Novos caminhos para o mercado externo



28/03/2007

O Pela primeira vez a cidade de São José dos Campos recebeu o projeto “Exporta, São Paulo – Exportar para crescer”. O evento, que reuniu mais de 300 pessoas (entre empresários e autoridades), ocorreu durante toda o dia 27/3, com seminários, encontro de negócios e despachos executivos.

O projeto é o resultado da cooperação técnica entre o governo do Estado de São Paulo, através da secretaria estadual de Desenvolvimento, a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo e a São Paulo Chamber of Commerce/Associação Comercial de São Paulo. Marca o processo de mobilização de produtores de micro, pequeno e médio porte, para sua maior inserção no comércio internacional, por meio do incremento de exportações.

Enquanto nos países desenvolvidos, mais de 60% do valor das exportações provem de empresas menores, este valor está em torno de 6% no Brasil. O Vale do Paraíba é responsável por 35% das importações e exportações do estado. Contudo, estas transações ainda são feitas em sua maioria pelas grandes indústrias exportadoras da região, como a Embraer e General Motors.

O programa visa encorajar e capacitar o pequeno empresário para o comércio internacional. O primeiro passo foi o apelo ao cadastramento de todas as empresas que estão envolvidas direta ou indiretamente com exportação, para eventuais rodadas de negócio com câmaras de comércio internacionais.

Estavam presentes na cerimônia de abertura Cláudio Gaiarsa, Coordenador de Relações Internacionais da secretaria de Desenvolvimento, representando o secretário Alberto Goldman; Eduardo Cury, prefeito do município de São José dos Campos; Luis Roberto Gonçalves, representando Alfredo Cutait Neto, coordenador da São Paulo Chamber of Commerce; José de Mello Correa, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos; além de autoridades, empresários e representantes de classe.

Em seu breve discurso, Gaiarsa frisou a importância e conseqüências positivas para as empresas que se preparam para exportar. “Quem exporta compete melhor com o mercado interno”, frisou.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo