carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Nanotecnologia cria supermúsculos de nylon



26/02/2014

Fonte: Carlos Orsi / UNICAMP
 
Músculos artificiais, mais eficientes que os do corpo humano, podem ser produzidos com fios de nylon ou polietileno, como os usados em linha de pesca, diz artigo publicado na edição de 21 de fevereiro da revista Science.
 
Os autores da descoberta – uma equipe internacional, liderada pela Universidade do Texas em Dallas, mas contendo também colaboradores da China, Turquia, Austrália, Coreia do Sul e Canadá – produziram fibras musculares artificiais torcendo fios de polímero, criando molas plásticas, e trançando-os.
 
Essas fibras se mostraram capazes de contração e expansão, como os músculos reais, só que ainda melhores: de acordo com nota divulgada pela universidade americana, a taxa de contração desses músculos de plástico pode chegar a 50% do comprimento, diante dos cerca de 20% normalmente obtidos pela musculatura humana.
 
O artigo publicado na Science afirma que esses músculos, que se expandem ou contraem em resposta a mudanças de temperatura, são capazes de erguer até 100 vezes mais peso que fibras musculares naturais de mesma massa e comprimento.
 
Os autores do artigo acreditam que esses músculos de fibra artificial poderão ser úteis na criação de próteses, robôs e de roupas capazes de se ajustar à temperatura ambiente, com poros que se dilatam no calor e se fecham no frio.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo