carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Multinacional japonesa projeta Brasil de 2025 com a Unicamp



28/02/2014

Fonte: Gabriela Villen / UNICAMP
 
Em videoconferência com representantes da Hitachi em Tokio, o coordenador-geral da Unicamp, professor Alvaro Crósta, lançou na manhã desta sexta-feira (28) o projeto Kizashi Brasil, uma parceria entre a Unicamp e a multinacional japonesa. Participaram do lançamento, na Faculdade de Educação da Unicamp, os professores Roberto Xavier, diretor do Intituto de Geociêcias (IG);Leda Maria Gitahy, chefe do Departamento de Política Científica e Tecnológica (DPCT), e Marko Monteiro, docente do DPCT e coordenador do projeto, além do Cônsul geral do Japão em São Paulo, Hiroaki Sano, representando o governo japonês, e do vice-presidente da Hitachi Brasil, Hidenori Zen, e do diretor da divisão de pesquisa e desenvolvimento (P&D) Hitachi Brasil, Takaomi Nishigaito.

“Este é um projeto de prospecção do futuro. É uma parceria muito feliz entre uma grande empresa mundial e um das melhores universidades da América do Sul e do mundo, cuja missão é realmente se preocupar com o futuro”, destacou Alvaro Crósta, “Nós formamos aqui recursos humanos para o futuro. A Hitachi desenvolve tecnologias para o futuro. É, portanto, um projeto de extremo interesse para ambas as partes .”

O projeto tem como objetivo, nos próximos seis meses, identificar as principais tendências sociais e tecnológicas do Brasil para 2025, com base no Método Kizashi, desenvolvido pela Hitachi. O método, apoiado nos pilares política, economia, tecnologia e sociedade, procura diagnosticar as tendências futuras a partir de um ponto de vista onde o ser humano é central para o desenvolvimento da sociedade. Conforme apontou o cônsul Hiroaki Sano, “a Hitachi sempre busca a inovação para um mundo melhor. Sempre pensando como as pessoas podem viver e superar as dificuldades no futuro.”

Na Unicamp, o núcleo coordenado pelo professor Marko Monteiro e um equipe formada por dois doutorandos e um pós-doc, orquestrará a pesquisa com 15 estudantes de pós-graduação das mais diferentes áreas do conhecimento.  A primeira fase do projeto consistirá em um levantamento de dados pelo grupo, que será concluída com um workshop nos dias 11 e 12 de março, na Universidade.

O workshop reunirá a equipe da Unicamp e representantes de Tokio para analisar os dados coletados e afinar os pesquisadores brasileiros com a metodologia desenvolvida pela empresa japonesa. A etapa seguinte consistirá na validação destes dados, por meio da analise de especialistas.

Embora tenha polos de produção espalhados por todo o globo, a Hitachi realiza a maior parte do seu trabalho de P&D no Japão. Em junho, foi instalado um escritório em São Paulo para desenvolvimento de pesquisa aqui. “O Brasil apresenta-se como uma região estratégica de negócio”, afirma Nishigaito, “A Hitachi considera o Brasil um parceiro muito importante no desenvolvimento de P&D. Nós acreditamos que podemos contribuir para construir um futuro melhor para o Brasil, em parceria com a Unicamp, um dos maiores centros de pesquisa do país e do mundo.”

Com mais de 100 anos de atividades, a Hitachi mantém plantas industriais em vários países, inclusive no Brasil, onde atua desde 1939. A base dos negócios são as áreas de tecnologia da informação, geração de energia e eletrônica. A empresa inaugurou, recentemente, o primeiro centro de pesquisa e desenvolvimento do grupo na América Latina, localizado na cidade de São Paulo.

Mais sobre a Hitachi

A Hitachi, Ltd., com sede em Tóquio, no Japão, é uma empresa líder global de eletrônicos com aproximadamente 326.000 funcionários em todo o mundo. No ano fiscal de 2012 (encerrado 31 de março de 2013) as receitas consolidadas totalizaram 9,041 bilhões de ienes (96,1 bilhões dólares). A Hitachi está se concentrando mais do que nunca em negócios de Inovação Social, que inclui sistemas de informação e de telecomunicações, sistemas de energia, industrial, de transporte e sistemas de desenvolvimento urbano, bem como os materiais sofisticados e dispositivos-chave que os suportam.
A Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento (denominada Brasil Lab) da Hitachi Brasil Ltda, é um laboratório subsidiária da Hitachi Ltd. (com sede multinacional japonesa, em Tóquio/Japão, presidido por Hiroaki Nakanishi) e da Hitachi Brasil Ltda. (Presidente atual: Kazuhiro Ikebe).

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo