carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Mostra sobre nanotecnologia será exposta em Brasília



22/05/2014

Fonte: José Angelo Santilli

As obras da Nanoarte, idealizada por técnicos e pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN/CNPq) e Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), estará em exposição no Espaço Chatô, em Brasília a partir da próxima terça-feira (27). NANOARTE, a estética do infinitamente pequeno, que une a ciência e a arte. A expressão artística, que surgiu a partir das pesquisas na área de nanotecnologia, terá 30 quadros expostos no local.

As imagens da Nanoarte são capturadas em um microscópio eletrônico de varredura (MEV), onde as amostras dos compostos nanométricos são colocadas no vácuo para iniciar a análise. Com o vácuo pronto, já é possível iniciar a captura das imagens que são invisíveis sem equipamento de microscopia. Daí esses materiais que são estudados no Centro para obtenção de semicondutores para geração de energia por fótons, decomposição de materiais orgânicos e bactericidas. Estas imagens geradas no MEV são coloridas no Photoshop pelos técnicos e pesquisadores. A Nanoarte expressão artística, que surgiu a partir das pesquisas na área de nanotecnologia, terá 30 quadors expostos.

A exposição em Brasília ocorrerá até o dia 13 de junho, das 10h às 18h. A Nanoarte passará ainda pelo campus em Presidente Prudente da Universidade Estadual Paulista (Unesp), entre julho e agosto, e também na terceira edição do Festival Internacional de NanoArt, na Universidade Alexandru Ioan Cuza, em Iasi, Rome?nia, em setembro.

Ricardo Tranquilin e Rorivaldo Camargo são os autores das imagens. A Nanoarte já esteve em diversas cidades do Brasil e do mundo, como São Carlos (SP), Franca (SP), Natal (RN), Tatuí (SP), Nova Iorque (EUA), San Sebastian (Espanha), Castellón (Espanha) e Tel Aviv (Israel).

Tranquilin e Camargo explicam que a idéia de iniciar o projeto da Nanoarte surgiu da necessidade em desmistificar o estereótipo de que a ciência é algo incompreensível. “Procuramos mostrar o quanto a ciência pode ser bela. Quanto mais pessoas tiverem acesso a esse tipo de exposição, conseguiremos despertar esse interesse para que percebam que a ciência faz parte do dia a dia delas”, disse.

Sobre o INCTMN / CDMF

O Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP, e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN/CNPq), com participação das universidades UNESP, UFSCAR, CBPF, USP, IPEN, UFABC, UNIFESP, IFMA, UFMA, UFPI, UESPI, UFRN, UFPB, UFG, UEG, UNB, UFMS, e UEPG.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo