carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Missão: Infra-estrutura e Bioenergia



22/04/2008

Em seu segundo dia (22/04), em Tóquio, onde está à frente da delegação do Governo do Estado participante da Missão Brasil-Japão, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Alberto Goldman, esteve na sede do Kendaren. A entidade reúne empresas de todos os setores da economia japonesa, entre elas algumas com importante presença em investimentos já realizados no Estado de São Paulo.

Em seu encontro com o presidente do Comitê Brasil da instituição, Shoei Utsuda, Goldman expôs alguns dos principais projetos de investimento do Governo do Estado. Dois pontos despertaram maior interesse por parte dos executivos do Kendaren: infra-estrutura e bioenergia.

Goldman expôs os projetos de expansão do Metrô e da CPTM, que incluem não apenas o aumento do número de linhas, mas também a modernização dos trens e de sistemas de sinalização e comunicação. O vice-governador também ressaltou o sucesso do leilão de concessão do trecho oeste do Rodoanel, atribuído à alta rentabilidade do investimento mesmo com a cobrança de baixas tarifas de pedágio, e finalizou o setor de infra-estrutura deixando clara a intenção do Governo do Estado em realizar a construção do Ferroanel. “Não importa o tamanho da recessão internacional que possa estar por vir, investimentos na infra-estrutura de São Paulo serão sempre rentáveis, especialmente aqueles voltados ao transporte em massa”, destacou.

Quando falou sobre bioenergia, Goldman esclareceu que no Brasil e, especialmente em São Paulo, a produção de cana-de-açúcar para transformação em etanol não prejudica a produção de alimentos, fato evidenciado pelos crescimentos da área plantada de cana-de-açúcar e da safra de grãos simultaneamente. Ele também disse que o Governo do Estado tem dedicado especial atenção à cadeia produtiva de bioenergia, desde o processo de produção de etanol, co-geração de energia elétrica por biomassa, e até mesmo o incentivo à implantação de pólos alcoolquímicos com a possibilidade de produção de plásticos biodegradáveis a partir do álcool. Para o executivo do Kendaren, o dado mais impressionante da exposição é o incentivo do Governo de São Paulo à pesquisa para a produção de etanol a partir de celulose. “Isso nos deixa muito otimistas por ser uma tecnologia capaz de frear a alta dos preços de alimentos causada pela produção de biocombustíveis em outros lugares do mundo”, disse.

Nesta quarta-feira (23/04), a Missão Empresarial Brasil-Japão tem prosseguimento com novos encontros com empresários japoneses.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo