carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Ministro japonês recebe Goldman



24/04/2008

A Missão Empresarial Brasil-Japão, liderada pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Alberto Goldman, visitou nessa quarta-feira (23/04), o vice-ministro de Negócios Estrangeiros do Japão, o senador Hitoshi Kimura, e ressaltou a vontade de São Paulo em mudar a pauta das relações econômicas com aquele país. “Ao longo da história a produção agrícola aproximou nossos dois países, mas São Paulo tem condições de elevar a pauta dessa relação para grandes investimentos em infra-estrutura e P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), e nossas empresas estão preparadas para realizar joint-ventures com empresas japonesas”, disse Goldman. “Esse é o tipo de desenvolvimento que nós queremos”, completou.

O ministro Kimura afirmou que a percepção dos japoneses sobre a economia brasileira mudou de maneira significativa nas últimas décadas. “Antigamente pensávamos no Brasil como um grande país da América do Sul, hoje já o percebemos como um grande país em nível mundial”, disse. Ele completou sua exposição dizendo que o etanol desperta grande interesse não apenas das empresas japonesas, mas também dos cientistas daquele país, que se colocam sempre à disposição para ajudar nas pesquisas acerca dessa tecnologia.

JETRO vê nova era dourada entre Brasil e Japão

Em visita à sede da JETRO – Japan External Trade Organization (Organização do Comércio Exterior do Japão), o vice-governador de São Paulo, acompanhado pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, João Sampaio, e o presidente da FIESP, Paulo Skaf foram recebidos pelo CEO Yassuo Hayashi, juntamente. Para Hayashi, uma nova era dourada nas relações entre Brasil e Japão está se descortinando nesse momento, e colocou sua instituição à disposição para participar desse processo. “Nós agradecemos o apoio do Governo do Estado de São Paulo à JETRO, e nos colocamos à disposição para ajudar nos negócios que tiverem no Japão”, disse.

Alberto Goldman expôs o papel de protagonista do Estado de São Paulo na economia brasileira, e colocou a economia paulista como porta de entrada natural dessa reaproximação econômica entre os dois países. “Além dos investimentos na instalação de empresas e em infra-estrutura, São Paulo quer muito criar parcerias na área tecnológica nos trabalhos com entidades japonesas”, afirmou.

 

Mudança de agenda

Para o vice-governador Alberto Goldman, as relações entre o Estado de São Paulo e o Japão têm condições de criar uma nova agenda no relacionamento entre o Brasil e aquele país. “São Paulo tem infra-estrutura diferenciada, oferece recursos humanos qualificados, temos centros de pesquisas, mercado consumidor consolidado, e muitas outras vantagens que nos colocam em posição confortável para querer um tipo de desenvolvimento mais qualificado, sustentável e perene”, disse Goldman.

A Missão Empresarial Brasil-Japão termina no dia 27 de abril.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo