carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Marcos Cintra visita Parque Tecnológico de Sorocaba



06/08/2013

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia

Subsecretário Marcos Cintra conheceu as instalações do núcleo central do parque (Cibele Marques/SDECT)O subsecretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Marcos Cintra, visitou nesta terça-feira, 6 de agosto, o Parque Tecnológico Alexandre Beldi Netto, em Sorocaba, para discutir questões ligadas ao estímulo e promoção da ciência e tecnologia em São Paulo.

Acompanhado por técnicos da Pasta e do empreendimento, o subsecretário conheceu as instalações do núcleo central, que conta com aproximadamente 12 mil metros quadrados, divididos entre o centro administrativo, a incubadora de empresas de base tecnológica, laboratórios, auditório e hall de eventos.

Segundo Marcos Cintra, a instalação de um parque incentiva os empreendedores a terem contato com o setor de ciência e tecnologia. “Nesse ambiente, as empresas passam a ser produtoras de inovação e não apenas consumidoras. Com a implantação deste empreendimento, Sorocaba já deu o primeiro passo para estimular o desenvolvimento tecnológico da região”, destacou.

Após apresentação realizada pelo presidente do parque, Vitor Lippi, foi assinado termo de aditamento para aquisição de equipamentos para o empreendimento. Até o momento foram investidos pelo governo do Estado o total de R$ 13 milhões. O Parque Tecnológico de Sorocaba está localizado numa área de 1,2 milhão de m², na zona industrial norte da cidade. O acesso é feito pela Rodovia Castello Branco, com ligação direta ao centro pela nova Avenida Itavuvu.

Clique aqui e confira fotos da visita.

Sobre o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec)
Criado em 2003, o SPTec oferece apoio e suporte aos parques tecnológicos, com o objetivo de atrair investimentos e gerar novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica, que promovam o desenvolvimento econômico, científico e sustentável do Estado.


Subsecretário Marcos Cintra reuniu-se com presidente do parque, Vitor Lippi, e equipe (Cibele Marques/SDECT)Em todo o Estado de São Paulo, existem 28 iniciativas para implantação desses empreendimentos, sendo que o Parque Tecnológico de São José dos Campos foi o primeiro a receber o status definitivo no sistema. Desde então, outros cinco parques também receberam este título. São eles: Parque Tecnólogico de Sorocaba, Parque Tecnológico de Ribeirão Preto, Parque Tecnológico de Piracicaba, Parque Tecnológico de Santos e Parque Tecnológico de São Carlos (SciencePark). Hoje são 14 iniciativas com credenciamento provisório: Araçatuba, Barretos, Botucatu, Campinas (cinco iniciativas: Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp, CPqD, CTI-TEC, Ciatec II e Tecno Park) Parque Universidade Vale do Paraíba, Santo André, São Carlos-EcoTecnológico, São José do Rio Preto e São Paulo (duas iniciativas: Jaguaré e Zona Leste).

Incentivos fiscais
As empresas que se instalarem em parques tecnológicos do SPTec poderão participar do programa estadual de incentivos fiscais, chamado “Pró-Parques”. Instituições de apoio e empresas de base tecnológica poderão utilizar créditos acumulados de ICMS ou diferir o imposto para pagamento de bens e mercadorias a serem utilizados na realização de investimentos e no pagamento de ICMS relativo à importação de bens ao ativo imobilizado.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo