carregando...

Notícias

Notícias

Mairiporã terá cursos técnicos gratuitos



03/11/2009

Cursos serão oferecidos na Escola Municipal Mufarrege Salomão Chamma (José Luiz de Moraes/Prefeitura de Mairiporã)

O município de Mairiporã, na Região Metropolitana de São Paulo, passará a contar, a partir do primeiro semestre de 2010, com uma classe descentralizada do Centro Paula Souza. O convênio foi assinado nesta quarta-feira, 04 de novembro, pelo secretário estadual de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, com o prefeito Antônio Aiacyda. O acordo prevê a criação de 80 vagas nos cursos técnicos de Administração e Segurança do Trabalho.

A nova classe descentralizada será implantada na Escola Municipal Mufarrege Salomão Chamma, no bairro Lavapés, que funcionará como uma extensão da Escola Técnica Horácio Augusto da Silveira (Vila Guilherme – São Paulo – SP). As aulas terão início no primeiro semestre de 2010. As inscrições para o vestibulinho deverão ser feitas na prefeitura de Mairiporã, entre os dias 5 e 19 de novembro. O exame será no dia 13 de dezembro. Saiba mais no site www.etechoracio.com.br.

Sobre os cursos
O técnico em administração é o profissional que executa as funções de apoio administrativo: protocolo e arquivo, confecção e expedição de documentos administrativos e controle de estoque. Além disso, opera sistemas de informações gerenciais de pessoal e material, utilizando ferramentas de informática básica, como suporte às operações organizacionais.

Já o técnico em Segurança do Trabalho atua em ações de prevenção de acidentes em processos produtivos, com auxílio de métodos e técnicas de controle de riscos, de acordo com a legislação brasileira, normas regulamentadoras e princípios de higiene, saúde e segurança do trabalho. O profissional também desenvolve ações educativas e programas de prevenção, como o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais).

Empregabilidade
De acordo com levantamento da Área de Avaliação Institucional (AAI) do Centro Paula Souza, 77,3% dos técnicos formados pelas Etecs conseguem emprego um ano após a conclusão do curso. As estatísticas mostram, ainda, que 85,6% têm vinculo formal de trabalho e ganham, em média, 2,2 salários mínimos mensais.

O setor da indústria, segundo o estudo, é o que mais emprega (28,2%), seguido por serviços (18,4%), comércio (14,%), saúde (9,2%), informática (6,6%), educação (4,9%), agropecuária (4,5%) e construção civil (4,3%). As empresas que mais contratam são as grandes corporações, com 30,2% da força de trabalho, seguidas pelas médias empresas, com 20,5%.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo