carregando...

Notícias

Notícias

Livro aborda competitividade industrial



03/02/2009

Livro aborda projetos do Governo do Estado voltados à melhoria da competitividade da economia paulista (Divulgação/SD)A Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, por intermédio do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), órgão vinculado à pasta, lançou na última semana o livro "Competitividade da Indústria Paulista: Propostas de Políticas". A obra traz uma síntese dos resultados obtidos em 27 estudos setoriais e temáticos e duas rodadas de seminários, realizados em 2007 e 2008, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Os trabalhos envolveram cerca de 100 especialistas e centenas de executivos com propostas para a melhoria da competitividade da economia paulista. A publicação está disponível para download no site da Secretaria de Desenvolvimento. Clique aqui para baixar.

De acordo com a obra, os estudos setoriais apresentam características específicas classificadas em cinco dimensões: recursos humanos, tecnologia e inovação, regulação, infraestrutura e meio ambiente. Os setores selecionados representam 54% do valor da transformação industrial e 52% do pessoal ocupado na indústria paulista, segundo balanço feito em 2005. Já o cenário internacional, de forte competição, indica que São Paulo tem qualificações para colocar-se como grande produtor mundial e importante mercado consumidor.

Para consolidar a posição estratégica do Estado e cumprir uma agenda de melhoria da competitividade industrial, o livro pontua algumas ações do governo, como a criação da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade - Investe São Paulo, e a estruturação de uma Agência de Fomento (Banco Nossa Caixa de Desenvolvimento), que terá o objetivo de prestar apoio financeiro e institucional para atrair novos investimentos e expandir os empreendimentos existentes.

Os estudos também apontam para a necessidade de uma atenção especial ao setor de Petróleo e Gás Natural, que contará com maior participação no PIB paulista. Para dimensionar o impacto do setor e propor ações coordenadas entre as Secretarias de Estado, foi criada, em setembro de 2008, a Comissão Especial de Petróleo e Gás Natural (Cespeg), presidida pelo governador José Serra.

Outro ponto importante abordado pelo livro são os investimentos do Governo do Estado na modernização de instituições de pesquisa, aumentando a aproximação com o desenvolvi- mento tecnológico necessário às indústrias. O plano de modernização do IPT é uma dessas ações, que preveem investimentos em infraestrutura laboratorial e capacitação de recursos humanos, para responder às necessidades empresariais diante dos grandes desafios tecnológicos. Até 2010, estão previstos investimentos de mais de R$ 150 milhões para o IPT.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo