carregando...

Notícias

Notícias

IPT realiza estudos em semáforos de São Paulo



18/12/2013

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas acaba de iniciar um estudo das características e condições de operações dos modelos de controladores semafóricos instalados na cidade de São Paulo, em especial atenção aos diversos tipos de proteção de placas eletrônicas. O escopo do projeto em execução pelo Centro de Tecnologia da Informação, Automação e Mobilidade do IPT inclui a análise de documentação (manuais e esquemas), a execução em laboratório de medições quantitativas referentes à isolação elétrica de cada modelo de controlador usado e fornecido pela Companhia de Engenharia de Trafego (CET) para os testes e a avaliação de instalações em campo.

Os dados levantados pela CET sobre as condições de operação dos controladores semafóricos instalados na cidade, os quais são compilados no Sistema de Manutenção de Equipamentos Eletroeletrônicos (SMEE), serão disponibilizados aos pesquisadores e técnicos do IPT. Estas informações são usadas para a geração de relatórios relativos a cadastro e atendimentos realizados. “Caso seja necessário, a nossa equipe poderá solicitar relatórios adicionais pertinentes”, explica a pesquisadora Ely Bernardi, coordenadora do projeto. A análise de dados de falhas deverá englobar pelo menos os três últimos períodos de chuvas (meses de dezembro a março, entre os anos de 2010 e 2013), em função da variabilidade do número de controladores fora de operação.

Cidade de São Paulo possui hoje quase seis mil controladores semafóricos instalados, alguns em cruzamentos críticos em função do volume diário de veículos
 As informações extraídas da base de dados serão cruzadas com as reais condições de isolação encontradas pelo IPT nos ensaios de laboratório a serem feitos em diversos modelos de controladores semafóricos. O objetivo é relacionar possíveis falhas com eventuais deficiências encontradas nas condições de segurança existentes.

Essa análise de dados indicará alguns locais onde existam controladores semafóricos instalados para a realização de avaliações e medições em campo. Os trabalhos incluem a medição da resistência de isolamento do conjunto controlador/semáforo; medições de aterramento e verificação da continuidade elétrica do condutor de aterramento; avaliação das condições de instalação interna dos controladores e da coordenação de isolamento dos circuitos de força e de sinais; levantamento da temperatura interna e da umidade relativa no interior dos controladores – neste caso, medidores serão instalados e uma coleta de dados será feita mensalmente.

“Para as duas primeiras medições, a previsão é da seleção de até 12 cruzamentos semaforizados – um local por semana, durante três meses – e, para os dois últimos itens, a previsão é de escolha de até cinco controladores para cada região de gestão, mas a quantidade final e a localização dos controladores dependerão de uma análise sobre os dados de falhas, da viabilidade e da disponibilidade de equipe da CET”, explica Ely.

A cidade de São Paulo possui hoje quase seis mil controladores semafóricos instalados, alguns em cruzamentos críticos em função do volume diário de veículos. Em períodos de chuvas, quando a ocorrência de eventos meteorológicos que produzem variações na rede elétrica e de telecomunicações é mais frequente, a proteção envolvendo esses equipamentos passa a ser mais solicitada e nem sempre responde satisfatoriamente. Em dias críticos, cerca de 100 a 200 semáforos apresentam algum problema. 

Os resultados levantados no trabalho serão apresentados em 2014 em um relatório técnico contendo recomendações técnicas a serem aplicadas na aquisição de novos equipamentos. Para comprovar a eficiência das melhorias recomendadas, será feita a sua implantação no modelo de controlador que apresentar a maior incidência de falhas e/ou que tenha apresentado a menor isolação nos ensaios efetuados na primeira fase. Serão simulados, nesse protótipo, surtos de tensão/corrente em condições de calor úmido para avaliar o comportamento da proteção elétrica.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo