carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

IPT ganha laboratório de interferências magnéticas



26/04/2010

Governo do Estado investiu R$ 4 milhões na instalação da câmara de compatibilidade

O governador Alberto Goldman e o secretário de Desenvolvimento em exercício, Luciano Almeida, inauguraram nesta segunda-feira, 26 de abril, a nova câmara de compatibilidade eletromagnética do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). A nova instalação é aplicada em pesquisas para evitar interferências entre equipamentos eletrônicos como TVs, rádios, celulares, computadores e sistemas eletromédicos.

Durante a visita, o governador também formalizou a abertura da exposição sobre o processo de modernização do IPT, que mostra um resumo das principais frentes de pesquisas que estão recebendo novas capacitações laboratoriais.

O investimento realizado pelo Governo do Estado no projeto foi de R$ 4 milhões, incluindo os recursos tecnológicos e as obras civis. O novo laboratório dará suporte tecnológico à indústria eletroeletrônica para que seus produtos sejam compatíveis entre si.

"Todas as pesquisas e inaugurações feitas aqui, com investimento de R$ 170 milhões, só nessa gestão, são para se produzir laboratórios e preparar nossos pesquisadores para que eles possam produzir inovações que vão servir não só para São Paulo propriamente, vão servir para o Brasil", ressaltou o governador.

Presidente do IPT mostra ao governador exposição sobre modernização do instituto

Emissões eletromagnéticas afetam o desempenho dos equipamentos. "Podemos observar o problema quando temos uma única rede dentro de casa e ligamos um liquidificador e uma TV simultaneamente. A imagem do televisor fica 'riscada' e isso se deve à interferência eletromagnética", afirma o pesquisador e coordenador do projeto, Mario Leite Pereira Filho.

A câmara consiste em uma sala revestida com espuma de poliuretano com infiltração de grafite, e uma combinação de cones, pirâmides e painéis, cuja finalidade é impedir o eco das ondas eletro- magnéticas, garantindo precisão nas medições efetuadas por equipamentos de última geração.

Modernização
A aquisição da câmara faz parte do projeto de modernização do IPT, que está recebendo investimentos de R$ 160 milhões no triênio 2008-2010. Desse montante, R$ 98 milhões são provenientes do Estado e o restante de parceiros e agências de fomento, como a Petrobras, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Os investimentos compreendem a aquisição de equipamentos nacionais e importados, a construção e adaptação da infraestrutura para receber os novos equipamentos, novas áreas de pesquisa e a capacitação e contratação de recursos humanos. Em 2009, a equipe que faz a gestão desse projeto trabalhou em 202 processos de aquisição e contração de obras, dos quais 177 foram destinados à compra de equipamentos e 25 à contratação de empresas projetistas e empreiteiras para a execução de reformas e novas construções.

Mais de R$ 46 milhões estão sendo investidos no prédio de bionanotecnologia

Bionano
Destaque entre as novas construções, o novo prédio de bionanotecnologia está recebendo R$ 46 milhões entre obras e equipamentos. O prédio terá oito mil metros quadrados e será destinado ao estudo de biotecnologia (desenvolvimento com organismos vivos), tecnologia de partículas (microencapsulação de componentes químicos e terapia medicinal, como em cosméticos) e micromanufatura de equipamentos e metrologia.

A bionanotecnologia é a área de pesquisa para descoberta e produção de materiais milhares de vezes menores que a espessura de um fio de cabelo. Tradicionalmente, uma partícula recebe o prefixo "nano" caso tenha diâmetro de entre um e 100 nanômetros, ou cerca de 0,01% do diâmetro de um fio de cabelo. Atualmente, cerca de 600 produtos que contêm nanomateriais estão no mercado em todo o mundo.

Sobre o IPT
O IPT é um instituto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo e há 110 anos vem colaborando para o processo de desenvolvimento do País. Uma das maiores instituições de pesquisas do Brasil, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados. Por meio de 12 centros tecnológicos, atua de forma multidisciplinar, contemplando os mais diversos segmentos como energia, transportes, petróleo e gás, meio ambiente, construção civil, cidades e segurança.

Serviço
Exposição Moderniza
Instituto de Pesquisas Tecnológicas - Av. Prof. Almeida Prado, 532 - Edifício 1 (Adriano Marchini) - Cidade Universitária - São Paulo/SP
Aberta ao público das 9h00 às 16h00
É imprescindível o agendamento via e-mail para eventos@ipt.br

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo