carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

IPT desenvolve plástico biodegradável



10/08/2009

Um grupo de pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, produziu um novo tipo de plástico biodegradável que se decompõe em menos tempo e aproveita resíduos industriais.

Pesquisas conduzidas na área de biotecnologia do IPT introduziram esse novo conceito de plástico ecológico contemplando dois aspectos importantes. O material é produzido a partir do lixo de usinas de açúcar e de fábricas de suco, e é biodegradável, ou seja, em poucos meses se desfaz na natureza.

A produção do bioplástico se inicia com a voracidade de bactérias que vivem no solo. Os microorganismos são colocados em um tanque e superalimentados. Os resíduos em excesso são transformados em pequenos grãos que são acumulados como estoque de energia. Este material é o plástico biodegradável.

Após o processo de alimentação, as bactérias são dissolvidas. O que sobra é um pó biodegradável ideal para fazer utensílios e embalagens descartáveis. Ao contrário do plástico feito de petróleo, que fica no meio ambiente durante séculos, o bioplástico vira comida de bactéria de novo, em pouco tempo, o que torna o processo cíclico.

Matéria sobre o assunto, feita com a coordenadora da pesquisa no IPT, Maria Filomena Rodrigues, foi veículada no Jornal Nacional, da Rede Globo, no último sábado, dia 8 de agosto. Clique aqui para conferir a reportagem na íntegra.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo