carregando...

Notícias

Notícias

Ipen entrega 22 geradores de tecnécio a hospitais



28/09/2009

O Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), autarquia estadual vinculada à Secretaria de Desenvolvimento e gerenciada técnica, administrativa e financeiramente pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) do Ministério de Ciência e Tecnologia, distribuiu na segunda-feira, 28 de setembro, 22 geradores de tecnécio importados de Israel para hospitais de grande porte, que realizam exames cardíacos, transplantes e cirurgias. A produção de geradores de tecnécio a partir de matéria-prima proveniente da Argentina ocorre desde maio. Com isso, é possível atender 30% da demanda médica.

Desde o último dia 18 de setembro, o Ipen iniciou a distribuição de geradores de tecnécio-99m importados. A medida visa a minimizar os prejuízos causados na área da saúde desde que a matéria-prima para o produto, o molibdênio-99, se tornou escassa no mercado internacional devido a problemas técnicos em um dos reatores nucleares produtores do radioisótopo, localizado no Canadá.

O tálio-201, radiofármaco para análises cardíacas, utilizado em substituição ao tecnécio-99m em determinados casos, atenderá integralmente à demanda semanal.

Todos os geradores de tecnécio-99m distribuídos pelo Ipen, inclusive os importados, passam por rigorosos controles de qualidade.

Para a próxima semana, o instituto empreende esforços para obter molibdênio proveniente da África do Sul, de forma a reforçar a produção dos geradores e possibilitar atendimento à demanda em patamar superior a 30%, como vem ocorrendo desde maio, quando a crise mundial se iniciou.

O tecnécio-99m é um radiofármaco utilizado em mais de 80% dos exames diagnósticos de medicina nuclear, nas áreas de cardiologia e oncologia.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo