carregando...

Notícias

Notícias

Investe SP realiza encontro com empresários belgas



18/05/2010

Presidente da Investe SP apresentou as potencialidades do Estado aos empresários

Um grupo de 45 empresários belgas está no Brasil para apresentar seus produtos e serviços nos setores de infraestrutura e transporte. A comitiva, chefiada pelo príncipe Philippe, da Bélgica, participou, nesta segunda-feira, 17 de maio, de um encontro com a diretoria da Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade. O evento ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e teve como objetivo mostrar aos empresários belgas as principais oportunidades de negócios no Estado de São Paulo.

Em sua apresentação, o presidente da Investe São Paulo, Mario Mugnaini Júnior, abordou os projetos de expansão de rodovias, metrô, ferrovias, aeroportos e portos. “O Estado está repleto de oportunidades de negócios para empresas estrangeiras de infraestrutura e transporte. Essa troca de informações favorece o desenvolvimento econômico de São Paulo e o crescimento de empresas belgas”, destacou.

Já o diretor do Clube de Infraestrutura Agoria, Sylvie Kedzierski, apresentou os produtos e serviços das 17 empresas que acompanharam a comitiva. O Clube Infraestrutura Agoria é uma rede de 50 organizações belgas, que fornecem soluções, produtos e serviços para projetos de construção e infraestrutura. “Nosso objetivo no Brasil é trabalhar em projetos de infraestrutura, como o metrô, as rodovias e os aeroportos”, ressaltou o diretor do Agoria.

Comitiva de empresários belgas foi liderada pelo príncipe Philippe, da Bélgica

As empresas belgas que realizaram apresentações no encontro foram: Automatic System, Barco, Besix, Betafence, Desso, Deme, FOS&S, Rf-t, Schréder Group GIE, Septentrio, Sibelco, Siemens, Soresma, Tractebel e Transurb. Após as apresentações, os empresários belgas e a diretoria da Investe São Paulo detalharam os projetos apresentados.

O príncipe Philippe é presidente de honra do Escritório Belga do Comércio Exterior e do Conselho Federal do Desenvolvimento Sustentável e já esteve no Brasil em 2005, à frente de uma comitiva empresarial belga.

Em 2009, o intercâmbio comercial entre os dois países atingiu o patamar de US$ 4,3 bilhões. O Brasil é o maior mercado para produtos belgas na América Latina, exportando para a Bélgica sobretudo suco de laranja e minério de ferro. As importações brasileiras são de componentes para aviões e substancias para vacinas. Existe um projeto de cooperação em andamento entre o Porto de Antuérpia e o Porto de Santos.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo