carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Investe SP faz parceria com agência portuguesa



10/09/2012

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (Aicep) vai identificar indústrias e empresas portuguesas que possam se interessar em fazer negócios no Estado de São Paulo e a Investe São Paulo vai encaminhar à instituição indústrias e empresas paulistas que queiram fazer negócios em Portugal. Esse é o principal objetivo do protocolo de cooperação para atração de investimentos assinado pelas duas instituições nesta quarta-feira, 5 de setembro, no Palácio dos Bandeirantes.

A cerimônia de assinatura do documento ocorreu durante o Seminário de Cooperação São Paulo – Portugal, que apresentou as oportunidades de investimentos do Estado de São Paulo para um grupo de investidores das 13 maiores empresas portuguesas das áreas de energia, saneamento, transportes e construção civil.

Na abertura do seminário, o governador Geraldo Alckmin destacou que muitas empresas de Portugal já estão estabelecidas em São Paulo, mas que essa participação pode aumentar. “Nossa agência, a Investe São Paulo, fará um importante intercâmbio, uma aproximação com a Aicep, para que os empresários possam aproveitar todas as oportunidades de investimentos no Estado de São Paulo”, afirmou Alckmin. “Inicia-se aqui o ano de Portugal no Brasil”, completou.

Já o Ministro português de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, ressaltou que São Paulo é um dos principais destinos de investimentos estrangeiros no mundo. “Quando estamos em São Paulo, estamos no G20. São Paulo poderia estar por si só no G20, falo isso para situar nossos empresários em relação ao potencial desse Estado”, afirmou Portas. Ele também mencionou o progresso das parcerias entre instituições públicas e privadas paulistas e portuguesas.

O presidente da Investe SP lembrou que há oportunidades nos 645 municípios existentes em São Paulo. “O interior, hoje, representa mais de 50% do PIB do Estado”, disse. Ele mostrou que, entre as 20 cidades do interior do Brasil onde o consumo mais cresce, 9 estão em São Paulo. “Mais de 50% da produção científica do País é feita aqui”, acrescentou.

Intercâmbio
Além de ajudar as indústrias e empresas a fazerem contato com a Investe SP ou com a Aicep, a parceria entre as instituições permitirá que se estabeleça, em breve, um intercâmbio entre funcionários das duas agências. Isso possibilitará às instituições compartilhar boas práticas para a atração de investimentos.

“A capacidade de projetar e construir do nosso setor de engenharia está no melhor nível mundial”, afirmou o presidente da Aicep, Pedro Reis. Ele mostrou um mapeamento de 82 empresas portuguesas do setor que possuem investimentos em 37 mercados internacionais. “Nossas empresas agora identificaram como podem ajudar o Estado de São Paulo a se desenvolver mais”, concluiu Reis.

Parcerias Público-Privadas
O vice-governador do Estado de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, que também é presidente do Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas, apresentou as oportunidades de investimento em PPPs no Estado.

Ele exemplificou os desafios em infraestrutura urbana, dizendo que é necessário construir 32,8 km de metrô de 2012 a 2015. No entanto, a média anual tem sido a construção de 2 km. “Temos que ter uma produtividade 4 vezes maior para alcançar nossa meta. Só a iniciativa privada para nos ajudar dentro desse processo de ampliação da infraestrutura urbana”, afirmou. “O Brasil é um continente carente de infraestrutura e temos pressa. São Paulo será o carro chefe dentro desse processo”, finalizou.

Já o presidente da Investe SP ressaltou que a grande inovação nessa área foi a criação da Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada (MIP), medida que possibilita às empresas apresentarem projetos de investimento na modalidade de PPP.

Antes do evento, a delegação portuguesa fez reuniões e visitas técnicas a empresas de transporte, logística, saneamento e saúde para conhecer na prática os investimentos do governo.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo