carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Investe SP apresenta oportunidades no Estado



09/05/2012

Costa explicou que a Investe SP continua dando suporte aos empresários após a realização de seus investimentos (Denise Casatti/Investe SP)

O diretor de Relações Institucionais e Internacionais da Investe SP, Sérgio Costa, apresentou os serviços da Investe SP e os principais diferenciais competitivos do Estado de São Paulo para uma delegação de 25 empresários holandeses que estão no Brasil com o objetivo de identificar oportunidades de negócios na área de bioenergia. A apresentação aconteceu nesta terça-feira (08),em São Paulo, durante um seminário que mostrou o panorama do setor aos investidores.


“Além de darmos assistência gratuita aos investidores para identificarem os locais mais adequados para a instalação de seus empreendimentos, fornecendo assessoria tributária, ambiental e de infraestrutura, também auxiliamos as empresas que querem expandir seus negócios no Estado”, explicou Costa. “E a Investe São Paulo continua dando suporte aos empresários após a realização de seus investimentos, com o intuito de garantir sua competitividade”, completou.

Pela manhã, o secretário de Energia de São Paulo, José Aníbal, abriu o evento falando sobre as iniciativas do Estado em bioenergia, sem perder de vista o foco na sustentabilidade. Segundo Aníbal, o Plano Estadual de Energia prevê a ampliação da energia limpa em São Paulo de 55% para 69% até 2020. “Queremos avançar ainda mais e passar de 70%”, afirmou. Ele lembrou que a média de energia limpa é de 42% no Brasil e 12,5% no mundo.

O presidente da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio), Erasmo Battistella, destacou o potencial que o País tem na produção das principais matérias primas empregadas na produção de biodiesel, tais como soja, algodão, gordura animal, óleos e gorduras recuperadas. “Atualmente, temos uma capacidade de produção superior a 6 bilhões de litros. Agora temos que nos tornar mais competitivos para exportar”, disse. Segundo ele, o biodiesel emite 57% menos de material particulado em relação ao diesel fóssil.

Já o vice-presidente de Carga a Granel e Indústria do Porto de Roterdã, Bas Hennissen, afirmou que o Porto é o quinto maior do mundo, o maior da Europa e o primeiro em exportações para o Brasil. “Além disso, o Porto de Roterdã é um centro do setor de energia renovável na Europa”, ressaltou.

As atividades da delegação holandesa no Brasil incluem a visitação a empresas brasileiras do setor do agronegócio, portos, ministérios e órgãos governamentais ligados aos setores de indústria, finanças e comércio exterior, em níveis federal e estadual. Ontem, a missão visitou a empresa Cosan, em Piracicaba, e, na quinta-feira, uma comissão conhecerá o Porto de Santos.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo