carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Governo premia empresas exportadoras paulistas



09/02/2011

Autoridades saudaram o grupo de empresários contemplados pelo prêmio

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Guilherme Afif Domingos, participou na última segunda-feira, dia 31 de janeiro, da cerimônia de entrega do prêmio “Exporta São Paulo 2010”. O evento foi realizado na sede da Federação das Associações Comerciais do Estado e contemplou empresas com destaque exportador. O prêmio, segundo os organizadores, integra as atividades do projeto “Exporta, São Paulo”, resultado de um protocolo de cooperação firmado pelo Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Federação das Associações Comerciais do Estado e a São Paulo Chamber of Commerce/Associação Comercial de São Paulo.

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Barros Munhoz, saudou o grupo de empresários “persistentes e corajosos, que apesar de todas as dificuldades para se tornarem vencedores não esmorecem e estão ampliando a base dos seus negócios”.

O prêmio “Exporta São Paulo” é atribuído em diversas categorias. Um dos destaques é a categoria Progex. Contempla empresas que tiveram suas exportações alavancadas a partir da adequação de seus produtos pelo Programa de Apoio Tecnológico à Exportação (Progex) do IPT. Nesta edição 2010, o prêmio na categoria Progex foi atribuído às empresas Fanem Ltda., de Guarulhos, e à BR Goods Confecção Ltda., de Indaiatuba.

A Fanem conquistou a premiação com o “Bilitron”, um equipamento inovador de fototerapia para tratamento de icterícia em bebês, empregando lâmpadas LED eficientes e de menor consumo energético. O Bilitron obteve em 2010 o reconhecimento internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS) como produto inovador e, hoje, é exportado para cerca de 40 países. A Br Goods Confecção, uma pequena empresa empreendedora, fez jus ao prêmio com suas cortinas divisórias para leitos hospitalares, exportados para Argentina, Colômbia e Uruguai, além de estar presente nos principais hospitais do Estado. A empresa, que ocupava inicialmente uma área industrial de 150 m², saltou para 1.500 m². Após adequação das divisórias para atender às exigências do ambiente hospitalar, a empresa tornou-se exportadora com seus negócios com tendência a crescer nos próximos anos.

Segundo o vice-governador, o prêmio “Exporta São Paulo” é um estímulo ao aprimoramento tecnológico das micro, pequenas e médias indústrias paulistas. Para o coordenador do projeto, José Cândido Senna, o momento da entrega do prêmio é a visualização do crescimento do número de exportadores de pequeno e médio porte.

Mari Katayama, coordenadora do Progex no IPT, acredita que a adequação de produtos viabiliza exportações e contribui para a inserção das empresas no mercado global de maneira competitiva, pois ajuda a superar barreiras impostas pelos países importadores, especialmente as de caráter técnico, e onde entra o IPT para ajudar as empresas a adequar seus produtos às exigências dos mercados externos. Hoje, o Progex conta com recursos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no âmbito do Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec), e contrapartida da empresa num valor mínimo de 10% do atendimento.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo