carregando...

Notícias

Notícias

Governo de SP assina acordos bilaterais



13/04/2012

Governador e Secretário em reunião com comitiva no Palácio dos Bandeirantes (Fabiano Guimarães/SDECT)

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado, Paulo Alexandre Barbosa, ao lado do governador Geraldo Alckmin, participou de reuniões bilaterais durante a tarde desta quinta-feira, 12, que fizeram parte da programação da 6ª Cúpula de Líderes Regionais. Na oportunidade, foram assinados diversos acordos de cooperação nas áreas de educação, infraestrutura, industria, meio ambiente e tecnologias limpas. Os encontros começaram durante a noite desta última quarta-feira, 11, com a delegação da Baviera, na Alemanha.


Durante a reunião foi assinado um acordo na área de pesquisa e desenvolvimento, que visa apoiar a mobilidade de pesquisadores e cientistas; organizar visitas de delegações, seminários, workshops, simpósios e promover o intercâmbio de informações com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A série de reuniões de hoje começou com a comitiva de Quebec. Alckmin destacou que a província canadense é líder mundial em tecnologias limpas e citou a lei estadual que prevê a redução de 20% na emissão de gases, que provocam aquecimento global, até 2020. O modelo canadense foca-se na sinergia entre pesquisa, universidades, governos e indústria, no desenvolvimento de tecnologias verdes favorecendo o desenvolvimento econômico e foi assinado um acordo para que ele seja replicado em São Paulo.

A comitiva de Western Cape, na África do Sul, veio para falar sobre o conhecimento adquirido ao sediar oito jogos da última Copa do Mundo. O governador enfatizou a importância na troca de experiência sobre os desafios que o evento proporciona. Alckmin também quis saber como ficou a questão do uso de bebidas alcoólicas durante os jogos e ressaltou que no estado existe uma lei que proíbe a venda e consumo para menores de 18 anos.

Em seguida, Alckmin esteve com representantes de Shandong. O acordo assinado entre o Estado e a província chinesa prevê reforçar cooperação nas áreas de educação, indústria marítima, energia, meio ambiente e infraestrutura. Ele visa promover o intercâmbio de professores e estudantes do ensino médio, destinado a fomentar o ensino da língua chinesa em São Paulo. Durante a reunião, o governador até citou o aumento na oferta do curso de mandarim no Centro de Estudos de Línguas (CEL).

As Parcerias Público-Privadas (PPPs) foi o tema da reunião com a comitiva da Geórgia. Os norte-americanos convidaram o governador para que ele possa ver como funciona esse tipo de parceria nos aeroportos da região. Alckmin disse que o Estado possuiu 31 aeroportos de pequeno-médio porte e que o governo investirá e irá estudar a possibilidade para que as PPPs sejam aplicadas nesses locais.

O último encontro aconteceu com a delegação de Upper Áustria e teve como principal tema a cooperação ambiental e cultural. Alckmin citou que as políticas ambientais da região são uma das mais inovadoras do mundo e ainda falou que tanto São Paulo quanto o estado austríaco são próximos do ponto de vista da formação industrial.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo