carregando...

Notícias

Notícias

Goldman busca oportunidades na Itália



07/11/2008

Em busca de novos investimentos em produção local e infra-estrutura, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, lidera entre os dias 10 e 14 de novembro a Missão Técnica à Itália.

Goldman embarcou nesta sexta-feira, 7 de novembro, rumo à capital italiana, onde irá encontrar o presidente do Centro Tecnológico de Mobiliário em Madeira (Cosmob), Mário Umberto Fabbri, e o diretor-executivo, Alessio Gnacharini. Na segunda-feira, dia 10, o secretário fará uma visita ao centro tecnológico da região de Marche, que funciona como um grande laboratório para a indústria moveleira italiana, uma das mais conceituadas de todo o mundo.

Após a visita, será feita a apresentação do Projeto de Cooperação Tecnológica Brasil – Itália, que envolve o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP) e o Cosmob, na busca de um acordo de cooperação para criar um centro tecnológico com know-how italiano, capaz de oferecer serviços e tecnologia de ponta ao setor moveleiro da região de Votuporanga, na região noroeste do Estado. Ainda no mesmo dia, Goldman participa de um seminário sobre as Oportunidades de Cooperação Industrial com a América Latina, e na terça-feira terá um encontro com o governador de Marche, Gian Mario Spacca, para assinar uma carta de intenções de colaboração recíproca entre os dois estados.

Já na quarta-feira, dia 12, o secretário inicia sua agenda oficial em Milão, com uma visita ao Centro Tessile di Como (Centro de Excelência para as Empresas do Setor de Moda) e à Milano Metropoli (Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Milão), para acompanhar a apresentação das atividades de desenvolvimento sustentável da área metropolitana de Milão.

No dia 13, quinta-feira, Goldman irá apresentar os programas de investimento do Governo do Estado de São Paulo no seminário Sistemas Infra-Estruturais – Fatores de Integração e de Desenvolvimento da América Latina, que também contará com a presença de outros secretários de Estado brasileiros, secretários municipais de São Paulo e o superintendente do Sebrae-SP, Ricardo Tortorella. Na sexta-feira, dia 14, último dia da visita, o secretário irá participar de workshop sobre o modelo lombardo de desenvolvimento de infra-estruturas.

Troca de experiências
A Itália foi escolhida para esta viagem de prospecção de modelos e experiências por ser uma referência mundial na formação de distritos industriais de pequenas empresas. Lá os pequenos negócios respondem por 60% do Produto Interno Bruto (PIB). No Brasil, o segmento é responsável por 20% do PIB.

A Secretaria de Desenvolvimento em conjunto com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Sebrae-SP gerenciam uma rede de Arranjos Produtivos Locais (APLs) no Estado, que se propõem a apoiar micro, pequenas e médias empresas a se organizarem em seus processos produtivos para fortalecer e melhorar a competitividade com o mercado comercial externo e interno.

O modelo de APL aplicado no Brasil se inspirou no sistema italiano de distritos industriais, difundidos na Itália nas décadas de 1960 e 1970 como exemplos de reação e adaptação às tendências de globalização e às reestruturas geradas pelos novos paradigmas tecnológicos.

Os distritos industriais italianos funcionam com ampla colaboração de cursos técnicos e tecnológicos. Nos distritos industriais, as universidades italianas tratam de assuntos como gestão, design, estrutura, etc. Modelo este que a missão técnica se propõe a explorar.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo