carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Etecs concorrem com 22 projetos na Febrace 2011



21/03/2011

Invenções de alunos das Etecs aliam criatividade e sustentabilidade

Alunos de 10 Escolas Técnicas (Etecs) estaduais apresentam 22 projetos finalistas na 9ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, Criatividade e Inovação (Febrace), que será realizada, entre os dias 22 e 24 de março, na Cidade Universitária da Universidade de São Paulo (USP), na capital.

Classificaram-se para a final as seguintes Etecs dos municípios de: Americana (Polivalente), Jacareí (Cônego Jose Bento), Limeira (Trajano Camargo), Santa Bárbara d'Oeste (Prof. Dr. José Dagnoni), Santo André (Júlio de Mesquita), Santos (Aristóteles Ferreira), São Paulo (Getúlio Vargas e Etec de São Paulo), Suzano (Etec de Suzano) e Tatuí (Salles Gomes). Os projetos dessas unidades vão competir com cerca de outros 300 trabalhos desenvolvidos por 670 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todas as regiões do País. Entre as invenções de alunos das Etecs, que aliam criatividade, sustentabilidade e responsabilidade social, destacam-se:

- Geladeira movida a energia solar, da Etec Trajano Camargo (Limeira): Portátil, inédita no mercado, possui componentes ecologicamente corretos e tem capacidade para seis garrafas de 2 litros e 38 latinhas. Para garantir baixo custo, as células de silício foram substituídas pelas de gratzel. O custo do protótipo caiu R$ 1,2 mil para cerca de R$ 400.

- Tap-prev (tapete antiacidente), da Etec Trajano Camargo (Limeira): Tapete com alarme sonoro para evitar acidentes domésticos envolvendo crianças. Pode ser colocado perto do fogão, no pé da escada, no acesso à piscina. Quando a criança pisa no tapete, soa o alarme.

- Biodiesel a partir do óleo da semente do mamão, da Etec Getúlio Vargas (São Paulo): Produção de biodiesel a partir do resíduo descartado por indústrias processadoras da polpa do mamão. O processo obteve eficácia de 46,7% na extração do óleo e de 50,4% na transformação do mesmo em biodiesel, revelando bom rendimento. O produto tem coloração alaranjada, com densidade e pH dentro dos padrões.

- Motor movido a água, da Etec Polivalente (Americana): Pesquisa sobre o uso da água do mar como combustível alternativo em carros com o objetivo de contribuir para a diminuição da emissão de CO2. Foram realizados modelos em computação gráfica. Os resultados sugerem possibilidades teóricas positivas para a produção de combustível alternativo.

- Reciclagem de mídias, da Etec Júlio de Mesquita (Santo André): Reciclagem de CDs e DVDs e aplicações de seus materiais constituintes - policarbonato e liga metálica, com presença de prata. O policarbonato pode ser moldado, dando origem a telhas e outros produtos. O processo é sustentável e viável para produção em escala industrial.

- Sabonetes produzidos com casca do ovo, da Etec de Suzano: Utilização de cascas de ovos descartadas pela agroindústria como matéria-prima na elaboração de sabonetes. A casca do ovo é uma excelente fonte de cálcio, com 95% de carbonato de cálcio, substância largamente utilizada nas indústrias alimentícia, farmacêutica e cosmética. A técnica demonstrou-se vantajosa e econômica.

Conheça os projetos finalistas no Facebook do Centro Paula Souza (a partir de 22 de março): http://www.facebook.com/centropaulasouzasp

Os finalistas foram selecionados entre 1.427 trabalhos, submetidos diretamente pelos estudantes ou por meio de 42 feiras de ciências parceiras. Os projetos são divididos em sete categorias - engenharia, ciências exatas e da terra, humanas, sociais aplicadas, biológicas, saúde e agrárias. Os vencedores de cada categoria viajarão aos Estados Unidos para participar da Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que acontecerá de 8 a 13 de maio, em Los Angeles, Califórnia.

Na edição anterior da Febrace, em 2010, duas Etecs estiveram entre as campeãs: Prof. Carmelino Corrêa Júnior, de Franca, e Getúlio Vargas, de São Paulo. As Etecs já foram vencedoras em outras três oportunidades: em 2008, com a Trajano Camargo, de Limeira; em 2007, com a Getúlio Vargas, de São Paulo; e em 2004, com a Polivalente, de Americana.

Leia mais: Febrace 2011 apresenta mais de 300 projetos científicos

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo